PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Federação inglesa pede à Uefa que final da Champions seja na Inglaterra

Torcedores do Chelsea se aglomeram sem máscara antes de jogo contra o Real Madrid - Reuters/Paul Childs
Torcedores do Chelsea se aglomeram sem máscara antes de jogo contra o Real Madrid Imagem: Reuters/Paul Childs

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/05/2021 18h05

Classificação e Jogos

A Federação Inglesa de Futebol estaria focada em um projeto para negociar a mudança de sede para a final da Liga dos Campeões entre Manchester City e Chelsea.

O jogo único está marcado para o dia 29 de maio, em Istambul, na Turquia. A decisão veio à tona pelo fato de que o país sede está na 'lista vermelha' de viagens do Reino Unido.

O Ministro dos Transportes britânico, Grant Shapps, explicou o motivo de ter incluído o país europeu na lista em questão. Somente idas excepcionais são consideradas e os viajantes precisam cumprir quarentena ao regressar à Inglaterra.

"A FA está em negociações com a UEFA. Estamos abertos para receber a final, mas a decisão é da UEFA. Dado que existem dois clubes ingleses, estamos à espera para ver o que a UEFA tem a dizer", disse Shapps.

Em sua declaração, ele reforçou que os torcedores não poderiam viajar para Istambul e enfatizou que o Reino Unido já tem liberação para permitir alguns torcedores na partida, caso aconteça na Inglaterra.

Esporte