PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras vence clássico, segue vivo e elimina Santos do Paulistão

Willian faz o segundo gol do Palmeiras contra o Santos, pelo Paulistão - Cesar Greco
Willian faz o segundo gol do Palmeiras contra o Santos, pelo Paulistão Imagem: Cesar Greco

Eder Traskini

Do UOL, em Santos (SP)

06/05/2021 22h53

Classificação e Jogos

O Palmeiras venceu o Santos por 3 a 2 na noite de hoje (6), no Allianz Parque, em clássico movimentado pela penúltima rodada do Paulistão. Os gols do Verdão foram marcados por Viña, Willian e Lucas Esteves, enquanto Kaio Jorge anotou os dois tentos santistas.

Com o resultado, o Palmeiras segue vivo na briga pela segunda vaga do grupo C, dependendo de um tropeço do Novorizontino contra o Corinthians na rodada final. O Peixe, por outro lado, está eliminado do torneio e ainda tem chance de rebaixamento na última rodada.

O Palmeiras volta a campo neste domingo (9) para enfrentar a Ponte Preta, em Campinas. Já o Peixe tem pela frente o São Bento, na Vila Belmiro, também no domingo. Uma derrota do Santos para a equipe de Sorocaba pode selar o rebaixamento santista no torneio estadual.

Os melhores: Scarpa e Kaio Jorge

A dupla carimbou quatro dos cinco gols do jogo. Gustavo Scarpa deu as assistências para Viña e Willian cabecearem para as redes, enquanto Kaio Jorge marcou os dois tentos santistas na partida.

Não foram bem: Wesley e Felipe Jonatan

O atacante palmeirense não conseguiu produzir ofensivamente e ainda cometeu pênalti infantil no atacante Kaio Jorge, que rendeu o empate ao Peixe. Já o lateral santista falhou novamente na marcação ao deixar Lucas Esteves sozinho no gol da vitória do Verdão.

Cronologia do jogo

Gustavo Scarpa recebeu na direita aos sete minutos, passou pela marcação de Luan Peres e cruzou na medida para encontrar Viña sozinho na pequena área. O uruguaio cabeceou sem chance para João Paulo e abriu o placar.

A resposta do Santos veio rápido. Aos 14 minutos, Jean Mota lançou boa bola para Marinho. O camisa 11 dominou no peito tirando a marcação de Viña, invadiu a área e achou Kaio Jorge no centro. O centroavante ajeitou e bateu firme no canto de Weverton: 1 a 1.

O jogo seguiu elétrico e o Verdão ficou novamente na frente no placar aos 23. Scarpa cobrou escanteio e contou com a desatenção da defesa santista para achar Willian livre no primeiro pau. João Paulo não conseguiu fazer a defesa e bola morreu no fundo do gol.

Na segunda etapa, Kaio Jorge foi puxado por Wesley dentro da área após cobrança de escanteio e a arbitragem marcou pênalti. O jovem centroavante santista bateu rasteiro no canto direito para vencer Weverton e empatar a partida novamente.

Aos 32 da segunda etapa, brilhou a estrela de Abel Ferreira. Lucas Esteves, que tinha acabado de entrar, recebeu cruzamento de Viña e aproveitou a liberdade dada por Felipe Jonatan para empurrar para o gol vazio e definir o placar: 3 a 2.

Atuação do Santos: defesa volta a vacilar

O Peixe de Marcelo Fernandes se postou para atacar o Palmeiras e conseguiu criar jogadas. Os gols do Verdão, no entanto, saíram em vacilos da defesa santista, principalmente pelo alto — problema recorrente da equipe. No cruzamento de Scarpa, Viña estava sozinho na pequena área, enquanto no escanteio cobrado também por Scarpa, Willian foi quem apareceu livre no primeiro pau. No gol que definiu o resultado da partida, novamente cruzamento na área e liberdade dada pro Felipe Jonatan no segundo pau.

Jogo do Palmeiras: liberdade para Viña funciona

Apesar do esquema com linha de quatro atrás, o técnico Abel Ferreira definiu um sistema em que Mayke se tornava um terceiro zagueiro pela direita e Viña ganhava liberdade para se lançar ao ataque. A estratégia funcionou. Viña abriu o placar como um autêntico centroavante dentro da área após cruzamento de Scarpa. No gol de Kaio Jorge, Marinho vence a marcação de Viña, mas o uruguaio não estava fora de posição por conta do esquema, ele já se posicionava com lateral — como fazia sem bola.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3 X 2 SANTOS

Competição: Campeonato Paulista - 10ª rodada
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data e hora: 6/5/2021
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Assistentes: Fabrini Bevilaqua Costa e Alex Ang Ribeiro
VAR: Jose Claudio Rocha Filho
Amarelos: Zé Rafael e Alan Empereur; Pirani, Jean Mota e Lucas Braga
Gols: Viña, aos 7 minutos do primeiro tempo, Willian, aos 23 do primeiro tempo, Esteves, aos 32 do segundo tempo; Kaio Jorge, aos 14 minutos do primeiro tempo e aos 7 do segundo;

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Alan Empereur, Danilo Barbosa e Viña; Felipe Melo (Danilo), Zé Rafael (Pedro Bicalho), Gustavo Scarpa e Giovani (Lucas Esteves); Wesley (Papagaio) e Willian. Técnico: Abel Ferreira

SANTOS: João Paulo; Pará, Luan Peres, Kaiky e Felipe Jonatan; Vinicius Balieiro (Marcos Leonardo), Jean Mota (Kevin Malthus) e Gabriel Pirani (Renyer); Marinho (Ângelo), Lucas Braga (Lucas Lourenço) e Kaio Jorge. Técnico: Marcelo Fernandes (interino)

Futebol