PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Botafogo encarou crise interna entre CEO e departamento de futebol

CEO Jorge Braga estabeleceu novas medidas no departamento de futebol e gerou insatisfação no departamento  - Vitor Silva/Botafogo
CEO Jorge Braga estabeleceu novas medidas no departamento de futebol e gerou insatisfação no departamento Imagem: Vitor Silva/Botafogo

Alexandre Araújo e Bernardo Gentile

05/05/2021 04h00

O CEO do Botafogo, Jorge Braga, chegou ao clube em meados de março e precisou de algumas semanas para entender a caótica situação em que se meteu. Aos poucos, ele tem se integrado ao dia a dia do Alvinegro, mas uma ação tomada no fim de abril gerou uma crise interna. O diretor geral passou a cobrar explicações sobre as contratações de novos reforços, o que criou rusgas. O diretor de futebol Eduardo Freeland pode ter autonomia afetada podendo gerar até uma ruptura em determinado momento dependendo de como os fatos irão se desenrolar. Na prática o novo modelo já emperrou algumas contratações que estavam bem adiantadas para a disputa da Série B. Por outro lado, há quem acredite que a relação dos dois caminha para um bom caminho.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Botafogo