PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bahia pode ter que jogar duas vezes no mesmo dia por torneios diferentes

Juninho comemora gol pelo Bahia na Sul-Americana - Felipe Oliveira/Bahia
Juninho comemora gol pelo Bahia na Sul-Americana Imagem: Felipe Oliveira/Bahia

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

04/05/2021 09h09Atualizada em 04/05/2021 09h19

Classificação e Jogos

Uma alteração no calendário pode fazer com que o Bahia entre em campo duas vezes em menos de 24 horas. Por causa de um surto de covid-19 no elenco do Club Atlético Independiente (ARG), a Conmebol remarcou o duelo válido pela Copa Sul-Americana para amanhã (5).

O problema é que amanhã também estava previsto o jogo contra o Jacuipense, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Baiano. A partida, no entanto, ainda corre risco de não acontecer, após uma ação movida pelo Sindicato dos Atletas Profissionais da Bahia (Sindap-BA) suspender o duelo em caráter liminar.

O motivo para a decisão é o descumprimento do intervalo mínimo de 66 horas de descanso para os jogadores. Na semana passada, o Bahia também havia pedido o adiamento da última rodada, mas a Federação Baiana de Futebol (FBF) negou.

Caso a liminar se mantenha, todos os jogos da última rodada vão precisar ser remarcados, já que o regulamento prevê que as partidas precisam acontecer ao mesmo tempo. Com Juazeirense e Atlético de Alagoinhas classificados, Bahia, Bahia de Feira, Vitória, Jacuipense e UNIRB lutam por vagas na próxima fase do Baianão.

Para a partida pela Sul-Americana, os jogadores do Independiente que testaram negativo na chegada ao Brasil poderão entrar em campo. Os que estão entre os casos confirmados tiveram de dormir no piso do aeroporto e voltarão ao Equador até o fim do dia.

Além dos jogadores, o time viajou sem treinador, já que Juio César Falcioni se recupera da doença, e Carlos Monzón, seu auxiliar, está entre os que testaram positivo no aeroporto.

Futebol