PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Luciano encerra jejum no São Paulo ao voltar a marcar depois de dois meses

Luciano marcou de pênalti o gol do empate do São Paulo com o Corinthians - Rubens Chiri / saopaulofc.net
Luciano marcou de pênalti o gol do empate do São Paulo com o Corinthians Imagem: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Do UOL, em São Paulo

03/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

O gol de Luciano aos 49 minutos do segundo tempo não serviu apenas para dar ao São Paulo o empate contra o Corinthians. Como ele mesmo destacou, foi importante para retomar sua confiança e mostrar para Hernán Crespo que ele pode continuar entre os titulares nos principais desafios que o Tricolor terá pela frente.

A última vez que Luciano havia balançado as redes foi na goleada por 4 a 0 sobre a Inter de Limeira, há exatamente dois meses, no dia 3 de março. Foi a maior seca enfrentada pelo atacante desde que ele chegou ao São Paulo. Desde então, ele entrou em campo em oito dos onze últimos jogos, e em apenas duas dessas ocasiões jogou os 90 minutos.

Durante esse jejum, Luciano viu a equipe embalar uma sequência de nove vitórias. Caso não tivesse marcado ontem (2) conta o Corinthians, o São Paulo teria perdido essa invencibilidade justamente contra o rival.

Desde o último jogo em que Luciano havia balançado as redes, 19 jogadores marcaram gols pelo São Paulo. O principal artilheiro neste período foi Pablo, com três gols, seguido por Rojas, Reinaldo, Eder e Vitor Bueno, que marcaram duas vezes cada.

No caso de ontem (2), Crespo optou por montar o ataque com Galeano e Vitor Bueno. Luciano entrou já na metade do segundo tempo, no lugar de Igor Gomes, fazendo dupla com Pablo, que havia entrado no lugar de Vitor Bueno.

As mudanças deram resultado: Pablo sofreu a falta que resultou no pênalti bem cobrado por Luciano.

O próximo compromisso do São Paulo será pela Libertadores, contra o Racing, em Buenos Aires, na quarta-feira (5). Caso Crespo mantenha a mesma escalação da vitória sobre o Rentistas, Luciano será titular novamente, com Pablo ao seu lado.

São Paulo