PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Atlético-MG estuda reintegrar goleiro Michael após lesão de Rafael

02/05/2021 04h00

A diretoria do Atlético-MG tratou de evitar especulações em relação à eventual contratação de um goleiro após a grave lesão sofrida por Rafael. Entretanto, os dirigentes do Galo pensam em uma "alternativa caseira" para suprir a carência de um arqueiro no elenco, já que o camisa 36 ficará fora de quatro a seis meses fora de combate.

A solução do departamento de futebol atleticano para preencher a vaga deixada por Rafael, que passará por cirurgia para corrigir uma luxação com fratura no ombro direito, pode ser um velho conhecido: Michael.

Michael foi emprestado pelo Galo ao Paços de Ferreira, de Portugal, em agosto de 2020, já que não seria aproveitado por Jorge Sampaoli. O contrato de empréstimo do jogador com o time português terminará em junho. Segundo apurou o UOL Esporte, ele será reintegrado ao plantel caso a equipe europeia não exerça o direito de compra.

Depois da lesão de Rafael o Atlético-MG passou a ter à disposição Everson e os jovens Matheus Mendes, de 22 anos, e Jean, de apenas 20. A inexperiência dos reservas faz a diretoria atleticana pensar no aproveitamento de Michael, que já possui uma rodagem internacional aos 26 anos.

Antes de vestir a camiseta do Paços de Ferreira, Michel esteve na mira de outros clubes, como o Belenenses e o Moreirense, ambos de Portugal, além do Avaí. O contrato dele com o Galo é válido até dezembro de 2022.

Matheus Mendes desperta atenção

Jovem, Matheus Mendes já tem acordo de renovação alinhado com o Atlético-MG. O novo contrato, porém, ainda não foi assinado, mas pelas apresentações recentes do goleiro isso deve acontecer em breve.

Mendes entrou em campo em duas partidas recentes: contra o Athletic, na última rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro, justamente na partida em que Rafael se lesionou, e no duelo de ida das semifinais do estadual, contra o Tombense. Na vitória por 3 a 0 sobre a equipe de Tombos, ontem (1), o goleiro defendeu um pênalti em seu primeiro ato no jogo, após substituir Everson - expulso por derrubar Keké na área.

Matheus Mendes se emocionou pela defesa de pênalti. "Muito importante entrar num jogo desse, apesar de o resultado estar 3 a 0, mas se a gente toma o gol poderia complicar um pouco. Graças a Deus eu pude fazer a defesa. Sentimento de ufa, né. Peguei [cobrança de Keké], depois pego de novo, sento no chão. Passa um filme na cabeça da vida toda de trabalho, momento muito importante para mim", explicou, em entrevista ao canal Premiere logo após Galo x Tombense.

"Muita importância isso [defender o pênalti], chego a ficar emocionado. Todo atleta da base do Atlético-MG sonha em estrear no profissional, e hoje pude fazer essa defesa de pênalti que me ajuda bastante. Agradecer o trabalho que vêm fazendo com a gente, toda rapaziada, Rafa, Everson, todo mundo junto. Isso é de grande serventia para nós da base", completou.

Atlético-MG