PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Cuca analisa evolução de Hulk e comenta falhas de indicado Tchê Tchê

Cuca encerra polêmica envolvendo Hulk e promete conversa com Tchê Tchê por erros recentes nos jogos - Pedro Souza/Atlético-MG
Cuca encerra polêmica envolvendo Hulk e promete conversa com Tchê Tchê por erros recentes nos jogos Imagem: Pedro Souza/Atlético-MG

Do UOL, em Belo Horizonte

01/05/2021 21h23

Classificação e Jogos

O Atlético-MG venceu o Tombense por 3 a 0 no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro e aumentou consideravelmente sua vantagem para ir às finais do estadual. Na vitória de hoje (1), um dos gols no estádio Independência foi marcado pelo atacante Hulk, novamente tema de entrevista do técnico Cuca após a partida.

Na semana passada o camisa 7 cobrou titularidade e sequência de jogos após o compromisso com o Athletic, na última rodada da fase classificatória do Mineiro. O tema virou uma polêmica e o treinador voltou a comentar sobre essa situação.

"Há uma semana, eu estava explicando a insatisfação de jogador. Agora, está todo mundo satisfeito. A bola é assim. A oportunidade é dentro de campo. É onde tem que responder e fazer o melhor tanto o jogador quanto eu", comentou Cuca.

Nos últimos dois jogos o atacante Hulk marcou três gols. Foram dois na vitória por 2 a 1 sobre o América de Cali (COL), na segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, no Grupo H, e o de hoje contra o Tombense. O jogador vem mostrando boa sequência de partidas com ações importantes no jogo. além dos gols marcados, o astro internacional tem sido peça fundamental na criação da jogada para outros companheiros marcarem, com assistências e pênaltis sofridos. E justamente esse desempenho que dá ao atleta a atual condição de titular.

"No sábado passado, eu disse que a gente tem confiança em quem nos dá o respaldo. Hoje, ele está dando o respaldo para a gente? Então, acredito que ele seja o titular", indicou o treinador, que tratou de colocar ponto final na polêmica.

"Ele [Hulk] falou o que sentia, não desrespeitou ninguém. Lógico, se eu fosse repórter, eu ia querer cutucar os caras para eles falarem aos montes e ter polêmica. Ele teve 90 minutos naquele jogo que ele reclamou [Athletic] porque as coisas não saíram bem. No outro, ele jogou 45 minutos e não reclamou, porque aproveitou bem. E hoje aproveitou bem. A gente tem que entender que jogador é assim. A gente tem que pasmar o dia que jogador não jogar e comemorar, aí vai ser uma coisa diferente. Estamos muito satisfeitos com ele, pois ele se enquadra dentro do que você planeja para aquela posição. As coisas acontecem ao natural com o jogador aproveitando e dando respaldo ao treinador. Ele está de parabéns, fez um belo gol e está preenchendo o espaço que a equipe precisa. Ele também está jogando bem coletivamente, e isso é importante. Ele está de parabéns", ressaltou.

Falhas do 'homem de confiança'

Pelo segundo jogo consecutivo o volante Tchê Tchê cometeu falha capital e que poderia ter alterado o curso de um jogo do Atlético-MG. O jogador já havia falhado contra o América de Cali — e o erro originou um gol do adversário —, e agora contra o Tombense a falha exigiu que Everson tomasse uma decisão brusca, o que acabou ocasionando a expulsão do goleiro atleticano.

Por esses erros, Cuca disse que vai conversar com o jogador.

"No último jogo, ele teve uma escolha errada. Saiu para o lado errado, não fez a falta e tomamos o gol. Hoje, no lançamento do goleiro, ele posicionou o corpo para recuar a bola e foi tocado, mas não sei se foi falta ou não, mas ele acabou se deslocando. Vou conversar com ele, porque ele é um jogador importante para nós na construção de jogada, na movimentação, mudança de direção. Sempre que temos um princípio de jogadas ele tem sido importante. Temos que corrigir algumas coisas. Quando ele ficar como último homem, ele não pode cometer esse tipo de erro que pode ser prejudicial. Vamos corrigir isso para que não aconteça mais", comentou.

Atlético-MG