PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Perto de anúncio no Grêmio, Diego Cerri foi sondado pelo Santos

Diego Cerri trabalhou no Bahia e agora está perto de ser anunciado no Grêmio - Reprodução
Diego Cerri trabalhou no Bahia e agora está perto de ser anunciado no Grêmio Imagem: Reprodução

Marinho Saldanha, Thiago Fernandes e Gabriela Brino

Do UOL, em Porto Alegre, São Paulo e Santos

30/04/2021 14h25

Diego Cerri está próximo de ser anunciado pelo Grêmio. O executivo de futebol recebeu oferta do tricolor gaúcho e encaminhou acerto para assumir o posto de executivo de futebol. Decidido a trabalhar em Porto Alegre, ele afastou a possibilidade de ir para o Santos, que fez uma sondagem recentemente.

O Santos está determinado a contratar um executivo de futebol antes de concretizar negócio com o novo técnico, substituto de Ariel Holan, que pediu demissão na última segunda-feira (26). Diego Cerri foi um dos nomes cotados para assumir o cargo, mas por ter situação encaminhada com o Grêmio, não evoluiu no negócio pelo Peixe.

Com isso, segundo apurou o UOL Esporte, Klauss Câmara está na mira. O ex-Grêmio é visto com bons olhos e iniciou negociação com o Alvinegro Praiano. O presidente Andres Rueda já explicou a ele a situação financeira delicada, além dele ter participação na definição de um novo treinador.

Cerri, de 46 anos, foi definido como meta do Grêmio depois de um longo período de avaliações do clube. Os gaúchos chegaram a sondar Alexandre Mattos, ex-Palmeiras, Atlético-MG e Cruzeiro, na busca por ocupar o posto executivo vago desde o ano passado. O presidente Romildo Bolzan Júnior encabeça uma série de mudanças na pasta mais importante do clube, ocorridas desde a saída de Renato Gaúcho. Entre elas, a efetivação de Marcos Herrmann como vice de futebol, e agora a contratação de Cerri.

Restam detalhes para que o acordo de trabalho seja oficializado. Uma reunião deve simbolizar os últimos atos da negociação com a conclusão prevista para até a próxima semana.

O último trabalho de Cerri foi no Bahia, e durou de agosto de 2016 até dezembro do ano passado. Antes, o dirigente passou pelo Ceará.

Grêmio