PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Messias comenta sobre sua 1ª final da Copa do Nordeste: "Frio na barriga"

Defesa cearense sofreu apenas três gols na competição - Felipe Santos / cearasc.com
Defesa cearense sofreu apenas três gols na competição Imagem: Felipe Santos / cearasc.com

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

30/04/2021 13h37

Classificação e Jogos

O Ceará chega à final da Copa do Nordeste com apenas três gols sofridos durante toda a competição. O número pequeno contrasta com o de gols feitos, já que a equipe possui o segundo melhor ataque da Lampions, com 19 marcados. Essa boa atuação do setor defensivo conta com a ajuda primordial do zagueiro Messias, que sente um frio na barriga todas as vezes que entra em campo.

O Vozão não sofre gols na competição desde que Messias chegou para ajudar Luiz Otávio no setor defensivo. O camisa 3 foi apresentado em 26 de março após negociação de R$ 2 milhões com o América-MG.

No sábado, o zagueiro entra em campo novamente com o "frio na barriga" para sua primeira final de Copa do Nordeste. Quando a sensação parar de exisitir, ele não terá mais prazer em jogar, diz ele.

"Sempre existe esse frio na barriga e numa final com certeza dá esse frio na barriga, até a mais, por ser uma final e por valer o troféu ali imediatamente. Existe sim e eu consigo me controlar", comentou o zagueiro em entrevista coletiva.

Apesar do pouco tempo no Ceará, o zagueiro diz que se sente em casa. O motivo: o acolhimento dos companheiros de time. "Desde o primeiro dia que cheguei ao Ceará me senti em casa, fui acolhido por todos. Fico muito feliz pelos jogos que venho fazendo, pela minha performance e de toda a equipe. Estamos conseguindo bons resultados", afirmou o atleta.

"Chegar à equipe do Ceará e, em pouco tempo, ter o privilégio de disputar uma final. Estou muito concentrado e focado. Espero que não só eu, mas toda a minha equipe faça uma grande final", ressaltou.

Apesar de ser sua primeira final na Copa do Nordeste, o defensor pode apostar no retrospecto da equipe cearense nas finais do torneio contra o Bahia. No ano passado, o Ceará venceu por 3 a 1 na ida e por 1 a 0 na volta, consagrando-se bicampeão da competição. Em 2021, o Vozão tenta o tricampeonato, enquanto o Bahia vai em busca da quarta taça.

Futebol