PUBLICIDADE
Topo

Copa Sul-Americana - 2021

Corinthians perde em casa para o Peñarol e se complica na Sul-Americana

Cantillo tenta articular ataque do Corinthians em derrota para o Peñarol - MAYCON SOLDAN/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO
Cantillo tenta articular ataque do Corinthians em derrota para o Peñarol Imagem: MAYCON SOLDAN/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

29/04/2021 21h09

Classificação e Jogos

O Corinthians se complicou na Copa Sul-Americana. Na noite de hoje, o Timão recebeu o Peñarol na Neo Química Arena e foi derrotado, por 2 a 0, com gols de Giovanni González e David Terans. Agora, com apenas duas rodadas disputadas, os uruguaios abriram cinco pontos de vantagem para o Alvinegro no Grupo E. Apenas o primeiro colocado da chave avança para as oitavas de final da competição continental.

A equipe comandada por Vagner Mancini era a favorita no confronto, mas viu o Peñarol se postar com grande aplicação tática em campo e encontrou dificuldades mesmo jogando em casa. Compactos no meio de campo e eficientes nos contra-ataques, os uruguaios se aproveitaram dos erros do Timão e conquistaram uma vitória importante na Copa Sul-Americana.

Entenda a situação do Corinthians

Pelo regulamento da Conmebol, apenas o primeiro colocado de cada um dos oito grupos avança para o mata-mata. O Corinthians é o cabeça de chave de um deles, mas já está em apuros. Isto porque, o Peñarol soma seis pontos em duas rodadas e o Timão, apenas um. A equipe do Parque São Jorge fechou a segunda rodada na terceira colocação do Grupo E, atrás também do River Plate-PAR, que nesta noite bateu o Sport Huancayo-PER. Restam quatro rodadas para todas as equipes da chave.

Desperdício na frente

As primeiras ações de ataque da partida foram do Corinthians. Em uma arrancada de Fagner pela direita, o meia Luan saiu cara a cara com o goleiro Dawson, mas chutou muito longe do gol e desperdiçou uma excelente oportunidade. Antes disso, em outra jogada de Fagner, Léo Natel entrou livre na área e tinha a opção de rolar a bola para Jô finalizar. Na hora do passe, no entanto, o atacante errou e tocou na perna do defensor do Peñarol.

Gol dos uruguaios

O jogo vinha sendo bem disputado, com as duas equipes buscando o gol adversário. Em uma saída precipitada pelo meio de campo, o zagueiro Bruno Méndez perdeu a dividida contra o adversário. Foi a oportunidade perfeita para o Peñarol arrancar em velocidade com Terans no contra-ataque e encontrar a linha de defesa do Corinthians desmontada. O ponta Giovanni González recebeu a bola pela ponta esquerda, invadiu a área e bateu na saída de Cássio.

Cadê o VAR?

O Corinthians reclamou um pênalti no primeiro tempo, mas, como não há VAR na primeira fase da Copa Sul-Americana, a dúvida permaneceu no ar e a irregularidade dentro da área não foi marcada. O meia Luan pegou o rebote e recebeu a marcação do zagueiro Gary Kagelmacher, que teria encostado o bico de sua chuteira no pé do jogador do Timão, segundo os anfitriões. O lance foi muito protestado pelo banco de reservas do Alvinegro.

Pintura carbonera

Repetindo o que já havia ocorrido no primeiro tempo, o Peñarol manteve seu esquema de muita marcação no meio de campo. Depois de ganharem a posse da bola, os uruguaios trabalharam a jogada, trocaram passes na frente da defesa do Corinthians e acharam espaço com Piquerez na ponta esquerda. O lateral recebeu o passe em profundidade e cruzou de primeira para Terans entrar na pequena área sem qualquer tipo de marcação e, de barriga, marcar o segundo gol dos carboneros na Neo Química Arena.

Corinthians perde a cabeça e árbitro distribui amarelos

Ao ver a situação pela Sul-Americana já ficar bastante delicada, o elenco do Corinthians perdeu a cabeça em campo e passou a bater boca com os uruguaios. Em um só tumulto, o árbitro argentino Facundo Tello amarelou Bruno Méndez, Otero e Cantillo pelos problemas causados com os uruguaios.

Agora é clássico!

No domingo (2), em partida ainda sem horário definido pela Federação Paulista de Futebol, o Corinthians recebe o São Paulo, na Neo Química Arena, em partida válida pela fase de grupos do Campeonato Paulista. Os dois rivais estão classificados para as quartas de final e, por isso, há a possibilidade do técnico Vagner Mancini escalar uma equipe mista repleta de jogadores formados na base.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0x2 PEÑAROL

Competição: Copa Sul-Americana

Data: 29 de abril de 2021, quinta-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Árbitro: Facundo Tello (ARG)

Assistentes: Cristian Navarro (ARG) e Pablo Gonzalez (ARG)

Cartões amarelos: Fábio Santos, Cantillo, Bruno Méndez, Otero e Gil (Corinthians); Acosta e Gary Kagelmacher (Peñarol)

Cartões vermelhos: -

Gols: Giovanni González, aos 12' do 1ºT (0-1); David Terans, aos 10' do 2ºT (0-2)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Cantillo e Camacho (Ramiro); Léo Natel (Raul Gustavo), Luan (Vitinho) e Otero (Gabriel Pereira); Jô (Cauê). Técnico: Vagner Mancini

PEÑAROL: Kevin Dawson; Juan Acosta (Canobbio), Fabricio Formiliano, Gary Kagelmacher e Joaquin Piquerez; Giovanni González, Jesús Trindade, Walter Gargano e Facundo Torres (Schiappacasse); David Terans (Ceppellini) e Agustín Alvarez Martínez. Técnico: Mauricio Larriera