PUBLICIDADE
Topo

Mineiro - 2021

Atlético-MG "joga para o gasto" com reservas e bate o Athletic por 1 a 0

Mariano, do Atletico-MG, comemora gol diante do Athletic Club em partida do Campeonato Mineiro - Alessandra Torres/AGIF
Mariano, do Atletico-MG, comemora gol diante do Athletic Club em partida do Campeonato Mineiro Imagem: Alessandra Torres/AGIF

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

24/04/2021 21h06

Classificação e Jogos

O Atlético-MG usou os reservas neste sábado (24) e venceu por 1 a 0 o Athletic, pela décima primeira rodada do Campeonato Mineiro. O gol solitário da partida foi marcado por Mariano, ainda no primeiro tempo. A vitória deixou o Galo ainda mais líder, com 27 pontos. A derrota faz com que a equipe de São João Del Rei estacione nos 13 pontos e se mantenha na oitava posição.

A partida foi pragmática, sem muita intensidade. Cuca quis dar ritmo de jogo aos atletas que não são titulares e escalou uma equipe bem diferente da que entrou em campo pela Libertadores, na última terça-feira (20). No entanto, poucos atletas conseguiram aproveitar a oportunidade.

A zaga do Atlético, pouco exigida, foi segura. Alan Franco foi escalado como primeiro volante e teve dificuldades. Nathan, o mais apagado em campo. Quem soube aproveitar a chance do meio pra frente, pelo menos com muita vontade, foi o atacante Hulk. Ele se movimentou, buscou o jogo e mesmo sem o gol, deixou boa impressão. Na segunda etapa, o gol bem anulado do Athletic, foi o lance mais importante.

O próximo compromisso do Atlético-MG é pela Copa Libertadores, na terça-feira (27) às 19h15, contra o América de Cali-COL, no Mineirão. O Athletic espera os resultados da rodada para saber se disputa o Troféu Inconfidência.

GALO 'VISITANTE' NO INDEPENDÊNCIA

A partida foi disputada em Belo Horizonte, mas o mando de campo era da equipe de São João Del Rei. O estádio do Athletic, em São João Del Rei, não tem estrutura para receber jogos noturnos. Assim, a equipe mandaria o jogo na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, mas a cidade está na onda roxa, fase mais restritiva imposta pelo governo do estado em relação à pandemia e não pode receber eventos esportivos. Sendo assim, restou ao Athletic mandar seu jogo no Independência.

INÍCIO PRAGMÁTICO E GOL PRA ALIVIAR

O jogo começou com o Atlético-MG errando alguns passes bobos e sem muita criatividade. A história mudou aos 17 minutos, quando Mariano bateu falta cruzada na área, que passou por todo mundo e morreu no fundo das redes. Após a vantagem, o Galo se consolidou dominando as ações do jogo e até tentou trabalhar mais a bola por baixo, mas a equipe de São João Del Rei abusava das faltas e não dava muito espaço.

FEZ O GOL, MAS...

O Atlético-MG saiu na frente, mas a equipe ainda pecava em campo. A equipe até criava, mas faltava intensidade aos jogadores em campo. Hulk e Calebe tiveram boas atuações na primeira parte, buscaram bastante o jogo. Nos últimos quinze minutos, o Athletic equilibrou a partida e quase chegou ao gol em alguns cruzamentos na área.

JOGO MAIS PEGADO

No início da segunda parte do jogo, foram poucas finalizações e muita luta em campo. As equipes não eram efetivas nas criações de jogadas e sobravam faltas no setor intermediário no campo. O Athletic marcava pressão a saída e dificultava a saída de bola do Galo.

ALTERAÇÕES NÃO MUDARAM MUITO O JOGO

Nathan e Sávio saíram para dar lugar à Sasha e Dylan Borrero, mas o Altético não conseguia dominar a partida contra o Athletic. Apesar da maior posse de bola, as finalizações não foram eficientes ou o erro de passe impossibilitava a evolução das jogadas atleticanas. O Athletic seguia tentando oferecer perigo nos contra-ataques.

GOL ANULADO DO ATHLETIC

O alvinegro de São João Del Rei até chegou a empatar a partida, mas o gol foi anulado corretamente. William Mococa completou cruzamento de Fernando para dentro das redes, mas estava em posição irregular. No lance, ao se chocar com o goleiro Rafael, o goleiro do Atlético-MG saiu na pior e teve que ser substituído, com o ombro lesionado.

ATHLETIC 0 X 1 ATLÉTICO-MG
Local
: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Hora: 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Celso Luiz da Silva (MG) e Vivaldi Pedro Baeta (MG)
Quarto árbitro: Andreza Helena de Siqueira (MG)
Cartões amarelos: Cristian, Sidimar, Flávio (ATH); Alan Franco, Dylan Borrero, Mariano (CAM);
Cartões vermelhos: nenhum.
Gol: Mariano, aos 17 minutos do primeiro tempo (CAM);

Athletic: Lee; Fumaça, Danilo, Sidimar, Nathan; Christian (Gabriel Galhardo), William Mococa, Silvano (Fernando) e Wallace (Flávio); Ingro (William Jr.) e Cassiano (Alasson). Técnico: Gustavo Brancão

Atlético-MG: Rafael (Matheus Mendes); Mariano, Igor Rabello, Gabriel e Dodô; Alan Franco, Nathan (Sasha) e Calebe (Savarino); Hulk, Sávio (Dylan Borrero) e Marrony (Hyoran). Técnico: Cuca