PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Guardiola ironiza calendário: "Vamos pedir para estender ano para 400 dias"

Treinador espanhol comandará o City pela 30ª vez somente neste ano em duelo contra o Tottenham - Lee Smith/Action Images via Reuters
Treinador espanhol comandará o City pela 30ª vez somente neste ano em duelo contra o Tottenham Imagem: Lee Smith/Action Images via Reuters

Do UOL, em São Paulo

23/04/2021 11h14

O técnico Pep Guardiola, do Manchester City, ironizou a Fifa e a Uefa ao abordar o excesso de jogos de sua equipe nos últimos meses.

Em entrevista coletiva que antecede o duelo contra o Tottenham, pela final da Copa da Liga Inglesa, o espanhol pediu novamente um intervalo maior entre as partidas - a decisão, que acontece neste domingo, será o 30° confronto da equipe só em 2021.

"Vamos ter de pedir à Fifa ou à Uefa para estender o ano para 400 dias em vez de 365 para jogar mais jogos", iniciou Guardiola, que aproveitou o assunto para fazer o novo apelo.

"Não sou um especialista em Champions League, apenas peço para reduzir o calendário e ter mais tempo entre jogos. Mas aqueles que decidem são outros, eu só dou minha opinião. Se eles decidirem que temos que jogar mais 10 jogos, então vamos em frente".

Guardiola ainda falou sobre a suspensão da Superliga e mostrou entender os dois lados em relação ao projeto. No entanto, ele considerou o "capítulo encerrado".

"Todo mundo em seu trabalho tem uma parte importante do negócio, e futebol também é negócio. Todos os times e torcedores querem os melhores jogadores, e para isso eles têm que contratá-los. O capítulo já está encerrado. Todos os clubes divulgaram seus comunicados e devemos continua e aprender com isso. Devemos buscar a igualdade nos direitos humanos e no esporte para que a sociedade seja melhor."

Futebol