PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Danilo pede mudanças no futebol e reclama de ameaças da Fifa e Uefa

Danilo pediu mudanças para "salvar o futebol" - Divulgação
Danilo pediu mudanças para 'salvar o futebol' Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL

23/04/2021 19h36

O lateral-direito Danilo, da Juventus, defendeu nesta sexta-feira que mudanças estruturais sejam feitas 'para salvar o futebol'. Nos últimos dias, a possível criação de uma Superliga chocou o futebol europeu e mundial. No entanto, diante da repercussão negativa, o projeto do campeonato não foi adiante. Danilo falou sobre o assunto em entrevista à Sky Sports.

"Eu penso que, se os 12 clubes aceitaram este novo projeto, é porque viram que são necessárias algumas mudanças no futebol. Não sei se este projeto teria sido o melhor, mas agora devemos falar todos sobre algumas mudanças para salvar o futebol, porque a Covid teve impacto em todas as áreas da vida, e também no futebol", opinou o lateral brasileiro.

"O presidente (da Juventus) já falou anteriormente, nos disse para estarmos tranquilos, que ele queria fazer algo de bom para o futebol, para todos nós. Mas nós, os jogadores, já temos tanta coisa em que pensar, com os jogos, treinos, não nos podemos permitir gastar energias com uma Superliga que não foi para a frente", continuou.

A Uefa, com o apoio da Fifa, chegou a ameaçar os clubes e jogadores que participassem da eventual Superliga, citando punições que seriam impostas, como a exclusão de competições internacionais. Danilo se posicionou sobre a postura da entidade.

"Eu penso que, se a Uefa se preocupasse tanto com os jogadores, não nos faria viajar tanto em meio a uma pandemia, não nos faria jogar tantos jogos em um ano tão difícil. Posso dizer que, para mim como jogador, não foi agradável ser ameaçado pela Uefa e pela Fifa", afirmou.

Esporte