PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Crespo conduz volta de Daniel Alves à lateral com naturalidade após baixas

Dani Alves atuou como ala pela direita nos últimos dois jogos do São Paulo na temporada - Divulgação/SPFC
Dani Alves atuou como ala pela direita nos últimos dois jogos do São Paulo na temporada Imagem: Divulgação/SPFC

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

23/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

Depois de uma temporada inteira jogando como meio-campista, Daniel Alves voltou ao setor que o consagrou no futebol mundial: o lado direito do gramado, agora com as cores do São Paulo. O veterano foi escalado na ala direita do esquema de Hernán Crespo nas vitórias sobre Palmeiras e Sporting Cristal (PER). Antes de sua utilização, o técnico se limitou a explicar ao elenco que precisaria do atleta na função.

A volta do veterano de 37 anos à lateral foi informada em uma conversa com todo o grupo reunido no CT da Barra Funda. Não houve um contato individual para o caso. O jogador precisou retornar à função de origem por causa das lesões de Igor Vinícius e Luis Orejuela — o colombiano também não foi inscrito na primeira fase do Paulistão. Com ambos fora de combate, o dono da camisa 10 atuou na função nos dois últimos compromissos. O retorno da dupla deve levar o craque de volta ao meio de campo, ainda que o setor tenha sido reforçado com a chegada do meia Benítez e do polivalente William.

O desempenho do jogador relembrou os velhos tempos, ajudando a equipe a garantir mais alguns resultados positivos numa ótima largada sob o comando de Crespo. Dani foi decisivo, inclusive, no triunfo diante do Palmeiras em pleno Allianz Parque. Na ocasião, o craque roubou a bola no campo ofensivo e rolou para Pablo estufar a rede defendida por Vinícius Silvestre.

No jogo contra o Sporting Cristal, na estreia da Libertadores, Daniel Alves não registrou gol ou assistência, mas foi dominante pelo flanco e teve uma partida elogiada pela comissão técnica.

"Eu acredito que Daniel Alves é um craque, pode jogar em todas as posições. Neste momento, a equipe precisa dele na lateral, e ele está muito bem. Pensamos que ele pode ficar tranquilamente ali", afirmou o comandante ao término do jogo ocorrido no Estádio Nacional de Lima, no Peru.

A utilização de Daniel Alves pelo lado direito favorece as situações ofensivas. Com um esquema 3-5-2, o argentino Hernán Crespo dá liberdade aos alas para chegarem ao setor ofensivo com frequência. O camisa 10 e Reinaldo, escolhidos nos dois últimos compromissos, de fato marcaram presença constante no ataque. Criam boas chances e, em algumas oportunidades, estavam juntos no último terço de campo. Ao mesmo tempo, eles têm a cobertura defensiva para não se desgastarem tanto entre as idas e vindas.

A volta de Daniel Alves à lateral direita acontece depois de uma temporada inteira jogando como meio-campista sob a batuta de Fernando Diniz. O jogador fez 53 partidas em 2020, sendo apenas uma pelo lado do campo — o empate por 0 a 0 com o Grêmio pela 17ª rodada do Brasileirão, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO X SANTO ANDRÉ
Motivo
: 6ª rodada do Paulista 2021
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 23 de abril de 2021 (sexta-feira)
Horário: às 20h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Danielo Ricardo Simon Manis e Leonardo Tadeu Pedro
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

São Paulo: Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Daniel Alves, Rodrigo Nestor, Luan, Igor Gomes e Reinaldo; Eder e Luciano. Técnico: Hernán Crespo.

Santo André: Fernando Henrique; Marcos, Barreto, Rodrigo Fagundes e B. Santos; Fraga, P. Guimarães, M. da Silva, Gegé e Minho; Ramon. Técnico: Paulo dos Santos.

São Paulo