PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos tenta rescisão de Cleber Reis, mas zagueiro recusa a primeira oferta

Cleber Reis em treino pelo Santos - Ivan Storti
Cleber Reis em treino pelo Santos Imagem: Ivan Storti

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

21/04/2021 04h00

O Santos procurou o zagueiro Cleber Reis, na tarde de ontem (20), para iniciar processo de negociação pela rescisão contratual, mas o primeiro contanto não animou a diretoria. O atleta de 30 anos não reagiu de forma positiva e relembrou problemas que teve com a gestão anterior — à época a cúpula contava com o presidente José Carlos Peres e o vice Orlando Rollo.

Apesar disso, Cleber está disposto a negociar a ruptura do vínculo, que se encerra apenas em 30 de janeiro de 2022. Atualmente, o defensor tem um dos maiores salários do Alvinegro praiano e definitivamente não está nos planos da diretoria e da comissão técnica. Seu último jogo com a camisa santista foi em 2017, contra o Atlhetico-PR.

Cleber Reis foi contratado em dezembro de 2016 e nunca se firmou. Desde então, atuou emprestado na Ponte Preta, Oeste, Coritiba e Paraná. Depois de retornar do time de Campinas, o zagueiro tem treinado separadamente.

Por causa da situação financeira delicada, a direção busca ao máximo enxugar a folha salarial. Cleber, no momento, está como prioridade da lista para que a situação seja definida. Rodrigão também está na mira. O atacante tem contrato até 31 de maio de 2022.

Além do salário, a condição física e técnica de ambos também preocupa os gestores do Peixe. O técnico Ariel Holan é constantemente consultado sobre o elenco e a dupla está fora dos planos.

Santos