PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

RMP: Tenho dúvidas se o Luciano é o jogador que a gente viu no Brasileiro

Do UOL, em São Paulo

21/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

Em um jogo no qual o São Paulo teve uma boa atuação na estreia pela fase de grupos da Libertadores nos 3 a 0 diante do Sporting Cristal, o atacante Luciano teve participação discreta e foi substituído durante o segundo tempo, demonstrando certa insatisfação ao deixar o gramado.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte com os jornalistas Vinicius Mesquita, Alicia Klein, Renato Maurício Prado e José Trajano, Renato questiona se Luciano é o bom jogador que se mostrou no último Campeonato Brasileiro, quando foi um dos artilheiros, ou se é apenas um atleta mediano que teve atuação acima da média na temporada passada.

"Eu tenho sérias dúvidas se o Luciano é realmente um ótimo jogador ou se ele é um jogador mediano que passou uma ótima fase no Campeonato Brasileiro do ano passado, porque o Luciano passou aqui pelo Fluminense e não chamou a atenção nem um pouco, foi para o Grêmio e também não fez nada demais no Grêmio, tanto que foi envolvido numa troca pelo Everton", diz Renato.

"Ele no ano passado estava em um ótimo momento, mas eu já vi muitos jogadores passarem por ótimos momentos e depois voltarem ao normal e serem jogadores apenas medianos. Eu tenho sérias dúvidas se o Luciano é esse jogador que a gente viu na reta final do Campeonato Brasileiro do ano passado", completa.

José Trajano concorda e tem a impressão de que o atacante do São Paulo parece um jogador mediano que teve uma boa fase na última temporada, além de não ver a possibilidade de o descontentamento do jogador ter efeito com o técnico Hernán Crespo na briga por um lugar no time titular.

"Eu tenho a sensação também que o Crespo não tem medo de cara feia, não. Ele pode sair zangadinho e tal, mas o Crespo passa uma imagem assim mais sólida do que um cara como o Fernando Diniz, que ficava esquentado com isso, xingava o jogador. Se ele saiu zangado, não vai pressionar, não vai ganhar lugar no time porque saiu zangadinho. Talvez ele tenha saído até, vamos dar um crédito, a gente não sabe, chateado com ele mesmo, que é mais um jogo em que ele não vem bem, que não faz gol, porque as vezes o cara se irrita com ele mesmo", diz Trajano.

"Mas essa observação do Renato tem a ver, é um jogador que passou pelo Fluminense, pelo Grêmio e teve um momento encantado no São Paulo, artilheiro, fazendo gols, sendo fundamental. Mas será que ele é isso tudo ou é um jogador mediano que teve uma boa fase? Talvez eu fique com essa ideia, o mediano que teve uma boa fase", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol