PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio ainda vai pagar um salário a Renato Gaúcho, mesmo após saída

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

21/04/2021 12h00

Renato Portaluppi vai receber mais um salário do Grêmio, mesmo não sendo mais o treinador do time. O acordo entre as partes não tinha multa rescisória, mas o ex-comandante tem direito a uma espécie de "aviso prévio". Ou seja, ganha o equivalente aos vencimentos do mês, ainda que já não esteja mais no cargo.

Aos 58 anos, Renato deixou Porto Alegre ontem (20) e planeja ficar no Rio de Janeiro, sem assumir nenhum outro clube até o final do ano.

Grêmio e Renato são uníssonos ao falar em "saída em alto nível". Depois das duas derrotas para o Independiente Del Valle-EQU, na terceira fase preliminar da Copa Libertadores, o treinador e a alta cúpula chegaram a um consenso sobre o final da passagem. Não houve desentendimento.

Renato voltou ao Grêmio, depois das passagens de 2010-2011 e 2013, com contratos anuais. Desde 2016, a cada mês de dezembro, o vínculo era renovado após rápida negociação com a diretoria.

Futebol