PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bahia fica no empate diante do Montevideo City Torque pela Sul-Americana

Rodriguinho comemora gol pelo Bahia - Rafael Machaddo / EC Bahia
Rodriguinho comemora gol pelo Bahia Imagem: Rafael Machaddo / EC Bahia

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

21/04/2021 23h31

Classificação e Jogos

O Bahia estreou empatando em 1 a 1 com o Montevideo City Torque, do Uruguai, pela Copa Sul-Americana, em partida disputada na noite desta quarta-feira (21), no estádio Centenário, na cidade de Montevidéu. Rodriguinho, com assistência de Gilberto, abriu o marcador para o Esquadrão de Aço no primeiro tempo em um esquema tático que tem funcionado bem com a dupla nas competições nacionais. Do lado uruguaio, o atacante Pizzichillo empatou a partida na segunda etapa.

De volta ao Brasil com apenas um ponto conquistado nesta primeira rodada do torneio internacional, o Bahia fica no aguardo da definição das datas da próxima fase da Copa do Brasil e do Campeonato Baiano. Enquanto isso, a equipe volta sua atenção para a semifinal da Copa do Nordeste, no próximo sábado (24), quando encara o Fortaleza, na Arena Castelão.

Bahia abre o placar com Rodriguinho

O jogo começou com o Bahia sem se intimidar na casa do adversário e mostrando intensidade nos primeiros minutos de jogo. Aos 7 minutos, Matheus Bahia desceu pela esquerda e cruzou para Óscar Ruiz, que girou dentro da área e deixou escapar. Na segunda chegada, porém, 1 minuto depois, Nino cruzou para Gilberto, que dominou de costas para o gol e rolou para Rodriguinho abrir o placar.

Esquadrão sofre pressão no primeiro tempo

Depois de abrir o placar, a equipe nordestina não conseguiu manter a mesma pressão demonstrada durante o início do primeiro tempo e passou a sofrer ataques consecutivos do Montevideo. Aos 17 minutos, Álvarez bateu da entrada da área e a bola passou longe do gol. Sobrou para o Bahia apostar no contra-ataque rápido, mas também sem sucesso.

Montevideo City vai para o vestiário sem chutes a gol

Ao longo da etapa, o City Torque até ensaiou uma pressão, mas o Bahia foi mais perigoso nos contra-ataques e perdeu a chance de sair com um placar mais confortável. Mesmo conseguindo se aproximar da defesa baiana, a equipe uruguaia não conseguiu mirar no gol, enquanto isso, os nordestinos chutaram quatro vezes na meta adversária, mostrando que o entrosamento entre Rodriguinho e Gilberto estava funcionando bem, assim como na Copa do Nordeste.

Uruguaios igualam o jogo

A equipe do Montevideo City voltou para a segunda etapa mostrando mais velocidade pelas laterais. A nova proposta de jogo surtiu efeito e os uruguaios conseguiram marcar seu gol de empate em seu primeiro chute a gol na partida. Aos 5 minutos, Allende recebeu passe na área e bateu à queima-roupa, Douglas defendeu e a bola sobrou livre para Pizzichillo empurrar para o fundo da rede.

Montevideo City parte para o ataque

Com o gol, o time uruguaio voltou a se empolgar. Aos 35 minutos, Rak saiu carregando a bola sem ser incomodado e bateu da entrada da área baiana, fazendo a bola passar muito perto do gol. No apagar das luzes, o Esquadrão ainda levou um susto. Luiz Otávio tocou muito curto para o goleiro Douglas, que teve que sair desesperado do gol para evitar que Del Prete chegasse à bola em condição de fazer o gol.

Dado Cavalcanti executa mudanças sem resultado

O treinador tricolor tentou recuperar a mesma intensidade que o Esquadrão mostrou durante os primeiros minutos do primeiro tempo. Sem Índio Ramirez, que está machucado, e Rossi, suspenso, Dado precisou improvisar no meio campo, mas sem resultado. Rodriguinho deu lugar a Juninho Capixaba e Matheus Galdezani entrou no lugar de Thaciano. Embora o time tenha ganhado mais velocidade, as mudanças não surtiram efeito e a equipe não passou do empate na primeira rodada.

FICHA TÉCNICA
COPA SUL-AMERICANA - 1ª RODADA
Montevideo City Torque 1 x 1 Bahia

Data: 21/04/2021 (quarta-feira)
Local: Estádio Centenário (URU)
Árbitro: Luis Quiroz/Equador
Árbitro Assistente 1: Ricardo Baren/Equador
Árbitro Assistente 2: Andres Tola/Equador
Cartões amarelos: Patrick de Lucca (BAH), Rodriguinho (BAH), Matheus Galdezani (BAH), Santiago Rodríguez (MCT), Brum (MCT)
Gols: Rodriguinho (Bahia), aos 8 minutos do 1º tempo (0-1); Pizzichillo (Montevideo), aos 5 minutos do 2º tempo (1-1)

Montevideo City Torque: Fiermarín, Peña, Arismendi, Rak, Pizzichillo, Brun, Santiago Rodríguez (Cejas), Allende (Darío Pereira), Teuten, José Álvarez e Del Prete. Técnico: Pablo Marini.

Bahia: Douglas Friedrich, Nino Paraíba (João Pedro), Conti, Luiz Otávio, Matheus Bahia, Patrick de Lucca (Lucas Araújo), Thaciano (Matheus Galdezani), Daniel, Óscar Ruíz (Alesson), Gilberto e Rodriguinho (Juninho Capixaba). Técnico: Dado Cavalcanti.

Futebol