PUBLICIDADE
Topo

Chelsea

Torcida do Chelsea protesta contra Superliga antes de jogo pelo Inglês

Torcedores se aglomeraram em frente ao Stamford Bridge para protestar antes do duelo contra o Brighton - Matthew Childs / Reuters
Torcedores se aglomeraram em frente ao Stamford Bridge para protestar antes do duelo contra o Brighton Imagem: Matthew Childs / Reuters

Do UOL, em São Paulo

20/04/2021 15h13

Horas antes do duelo entre Chelsea e Brighton, pelo Campeonato Inglês, torcedores do clube de Londres se reuniram nos arredores do Stamford Bridge, palco do jogo, para protestar contra a criação da Superliga.

Com sinalizadores e faixas contra Roman Abramovich, dono do clube, os manifestantes consideram a participação da equipe como uma "traição imperdoável" - o Chelsea é um dos 12 times organizadores da competição.

A aglomeração atrapalhou a chegada do ônibus da equipe ao estádio, e Petr Cech, ex-goleiro e atual diretor do Chelsea, precisou descer do veículo para acalmar os torcedores.

Apesar de os números da covid-19 estarem em queda no Reino Unido, muitos torcedores não estavam usando máscaras de proteção - os estádios não estão recebendo público como medida de segurança.

Além do ato no estádio, há revolta também no mundo virtual entre os fãs. O grupo denominado "Chelsea Supporters Trust", em comunicado, mostrou rejeição à Superliga.

"Nossos membros e torcedores de futebol em todo o mundo experimentaram uma traição definitiva. Esta é uma decisão de ganância para encher o bolso dos que estão no topo e foi feita sem levar em consideração os torcedores leais, nossa história, nosso futuro ou o futuro do futebol neste país", diz o texto.

Chelsea