PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Everton detona clubes ingleses da Superliga: 'Mancham a reputação do jogo'

Richarlison comemora gol para o Everton diante do Crystal Palace pelo Campeonato Inglês - Carl Recine/Reuters
Richarlison comemora gol para o Everton diante do Crystal Palace pelo Campeonato Inglês Imagem: Carl Recine/Reuters

Do UOL, em São Paulo

20/04/2021 07h59

O Everton, time do brasileiro Richarlison, detonou os seis compatriotas da Premiere League que se envolveram na criação da Superliga Europeia. O Everton disse que esses clubes "estão manchando a reputação da liga inglesa e do jogo".

Administrada por Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madri, Milan, Juventus, Inter de Milão e os ingleses Chelsea, Tottenham, Arsenal, Manchester United, Manchester City e Liverpool, a Superliga pode alterar toda a estrutura vigente no futebol mundial.

A intenção da Superliga é que outras competições não sofram interferência. Por isso, os jogos aconteceriam durante a semana. Porém, em declaração, a Uefa prometeu punir os jogadores e clubes que fizeram parte da novidade, uma das premissas é que quem disputar a Superliga não poderá mais jogar por sua respectiva seleção.

Além disso, o novo formato europeu entra em conflito com ligas nacionais, como Campeonato Alemão, Campeonato Holandês e Campeonato Espanhol, que já se posicionaram contra a novidade.

Em nota, o Everton atacou especialmente os times ingleses e disse que "está triste e decepcionado ao ver propostas de uma liga de separação empurradas para a frente por seis clubes. Seis clubes agindo inteiramente por seus próprios interesses. Seis clubes manchando a reputação da nossa liga e do jogo. Seis clubes optando por desrespeitar todos os outros clubes com quem dividem a tabela da Premier League. Seis clubes tomando como garantido e até mesmo traindo a maioria dos torcedores de futebol em todo o nosso país e além".

O clube espera que o projeto da Superliga seja retirado e que os clubes envolvidos repensem o que querem ter como legado.

Esporte