PUBLICIDADE
Topo

Futebol

La Equidad diz que corre risco de não viajar para enfrentar o Grêmio

La Equidad comemora vitória na fase preliminar da Sul-Americana -  Luis ROBAYO / AFP
La Equidad comemora vitória na fase preliminar da Sul-Americana Imagem: Luis ROBAYO / AFP

Colaboração para o UOL

18/04/2021 19h27

O La Equidad e o Tolima estão com dificuldades para viajar ao Brasil, onde devem enfrentar Grêmio e Red Bull Bragantino, respectivamente, nesta semana. As equipes colombianas ainda não conseguiram confirmar os voos e pediram ajuda ao governo. A Conmebol informou ao UOL que as partidas estão confirmadas.

A dificuldade acontece por causa da grave situação da pandemia de covid-19 no Brasil. A Colômbia resolveu restringir os voos entre os países. Por isso La Equidad e Tolima se uniram para fretar um voo, que aconteceria na próxima terça-feira (20). Mas a solicitação do voo ainda não foi atendida.

Os jogos La Equidad x Grêmio e Tolima x Red Bull Bragantino, pela Copa Sul-Americana, estão marcados para acontecer na quinta-feira (22).

O UOL entrou em contato com a Conmebol, que destacou que o Brasil não tem restrição de entrada de delegações estrangeiras até este momento. A entidade também informou que a Colômbia, desde 2020, aceitou o protocolo sanitário da Conmebol e portanto os times do país não devem ter dificuldades para sair e voltar.

Na nota em que se manifestaram sobre essas dificuldades, La Equidad e Tolima afirmaram que precisam de "toda a colaboração das autoridades colombianas para poder cumprir com este compromisso internacional". Caso contrário, os clubes correm risco de punição da Conmebol, se não conseguirem disputar os jogos.

Futebol