PUBLICIDADE
Topo

Santos

Com reservas e um a menos, Santos vence a Inter de Limeira por 2 a 1

Jogadores do Santos comemoram gol da vitória sobre a Inter de Limeira - Divulgação/Santos
Jogadores do Santos comemoram gol da vitória sobre a Inter de Limeira Imagem: Divulgação/Santos

Colaboração para UOL, em Santos

18/04/2021 22h01

Classificação e Jogos

O Santos venceu a Inter de Limeira por 2 a 1 nesta noite, na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Guilherme Nunes foi expulso por entrada perigosa em Elacio Cordoba. Deivid marcou contra, Lucas Batatinha igualou e Bruno Marques desempatou nos minutos finais —em lance que precisou de mais de cinco minutos de análise do VAR antes de ser validado.

Com o resultado, o Peixe salta para a ponta do Grupo D, com nove pontos, e ultrapassa o Mirassol, com oito. A Inter segue em último no grupo A, com três. O próximo compromisso do time de Ariel Holan é na terça-feira, contra o Barcelona de Guayaquil, em casa, primeiro jogo da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Testes

Em mais uma noite de testes na Vila Belmiro, o técnico Ariel Holan promoveu duas estreias como titulares do Santos: o zagueiro Robson, que teve atuação discreta, e Lucas Barbosa, volante que deixou a desejar na primeira etapa. O treinador argentino escalou um time alternativo diante da Inter de Limeira, que viu os reservas dominarem a partida até os 20 primeiro minutos.

O Peixe teve facilidade para chegar ao ataque. Lucas Lourenço foi fundamental para que o time fosse mais agressivo. Conseguiu criar chances pelo meio e na bola parada. O primeiro gol, inclusive, teve participação dele em um escanteio, mas o volante Deivid marcou contra.

Recuperou

A Inter sentiu o gol, mas não diminuiu ou recuou. Apesar da dificuldade para passar por Guilherme Nunes, que roubou algumas bolas por ali, o time de Thiago Carpini insistiu e aproveitou a fragilidade da zaga do Santos.

Luiz Felipe, que deixou a defesa para tentar dar o bote, falhou. Na sequência, Alex não conseguiu recuperar a bola e Vladimir saiu, sem necessidade, para tentar a defesa. Lucas Batatinha empatou na Vila.

Expulsão

Holan fez mudanças na segunda etapa e o Peixe voltou a crescer na partida. Sandro, logo no início, levou perigo em jogada individual, mas a zaga afastou. O Peixe voltou a chegar com facilidade e ficou mais próximo de ampliar o placar. Lucas Lourenço, inclusive, foi caçado em campo.

O meio-campo fluiu e a bola chegava com frequência ao ataque, até que Guilherme Nunes dá entrada perigosa em Elácio Cordoba e é expulso. Ele era um dos melhores do time em campo.

Defesa entregue

Com um a menos, a Inter cresceu de volume de jogo e passou a criar. Vladimir foi acionado com certa frequência e viu a defesa entregue. Alex errou passes e não conseguiu ser efetivo na marcação, enquanto Luiz Felipe voltou a se mostrar inseguro e também errou muito.

Desempate

Nos minutos finais, Soteldo, em bola parada — ponto alto no Santos — cruzou para a área e Rafael Pin falhou. O goleiro protegeu a bola, mas deixou escapar e Bruno Marques aproveitou a chance. Na sequência o VAR foi acionado e, após cinco minutos de análise, o gol foi validado.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 X 1 INTER DE LIMEIRA

Local/Hora: Vila Belmiro, em Santos, às 20h (de Brasília)

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo

Assistentes: Fabrini Bevilaqua Costa e Vitor Carmona Metestaine

VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez

GOLS: Deivid (1-0), Batatinha (1-1) e Bruno Marques (2-1)

Cartões amarelos: Lucas Barbosa, Rondinelly, Lucas Lourenço e Alex (SAN) - Thalisson, Deivid (INT)

Cartões vermelhos: Guilherme Nunes (SAN)

SANTOS: Vladimir; Balieiro, Luiz Felipe, Alex, Robson; Jonnathan (Wellington Tim), Guilherme Nunes, Lucas Barbosa (Sandro) e Lucas Lourenço (Marinho); Ângelo (Bruno Marques) e Kaio Jorge (Soteldo). Técnico: Ariel Holan.

INTER DE LIMEIRA: Rafael Pin; Elácio Córdoba, Renan Fonseca, Thalisson e Rafael S; Rondinelly (Felipe Saraiva), Igor Henrique, Deivid (Lucas Balardin) e Thiaguinho (Bruno Xavier); Lucas Batatinha e Roger. Técnico: Thiago Carpini.

Santos