PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Vasco busca empate contra Boavista, mas é eliminado no Carioca

Do UOL, no Rio de Janeiro

18/04/2021 20h36

Classificação e Jogos

O Vasco venceu o Flamengo por 3 a 1 na última quinta-feira, mas não aproveitou o bom momento e só empatou hoje (18) por 2 a 2 com o Boavista. O resultado elimina a equipe da briga pela última vaga na semifinal do Carioca, que contará com Flamengo, Fluminense, Portuguesa e Volta Redonda. Com dois gols de Marquinhos, os donos da casa abriram a contagem no Estádio Elcyr Resende, mas os vascaínos buscaram a igualdade com Cano e Gabriel Pec.

A equipe de Marcelo Cabo tentou o triunfo mais na base da entrega do que na técnica e faltou capricho no passe final. Contra uma equipe que apostou na defesa, mas deixou espaços, o time não teve precisão na hora de definir as jogadas, embora tenha lutado até o último minuto. Na última rodada, os vascaínos encaram o Resende, ainda sem data e local confirmados pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

Vasco reclama de pênalti em Cano

O Vasco poderia ter chegado à vitória e, consequentemente, seguir com chances de classificação se a arbitragem tivesse assinalado falta dentro da área em German Cano ainda no primeiro tempo. Os jogadores do Cruzmaltino reclamaram bastante do lance após o jogo mesmo admitindo que os erros individuais foram decisivos para o resultado.

"Tristeza pela eliminação do Vasco, ainda mais da forma que foi, com interferência direta da arbitragem. Colocaram um árbitro que fez apenas seu 4º jogo na primeira divisão", disse o técnico Marcelo Cabo.

Marquinhos inferniza defesa

Autor de dois gols na partida, Marquinhos ainda acertou a trave de Vanderlei e foi o jogador mais perigoso da equipe da Região dos Lagos. O atacante foi o motor alviverde na puxada dos contra-ataques e deu trabalho para a zaga vascaína.

Carlinhos não vai bem

Escalado de última hora para entrar na vaga de Marquinhos Gabriel, Carlinhos não correspondeu e foi figura apagada na armação de jogadas. Sem objetividade e muitos passes de lado, o jogador fez escolhas erradas e pouco ajudou seu time. Ele foi substituído por Lucas Figueiredo.

Vasco aposta na transpiração

Com muita disposição e entrega, o Vasco saiu perdendo e teve de se desdobrar para superar as adversidades. Quando tentou penetrar muito por dentro, o time teve dificuldades, mas a dupla formada por Gabriel Pec e Zeca, sobretudo pelo lado esquerdo, foi uma boa arma cruz-maltina. A equipe ainda mostrou algumas dificuldades na criação, porém a vontade de vencer foi uma marca que ficou e que anima os vascaínos.

Boavista se fecha e sai na boa

Os donos da casa mantiveram uma postura cautelosa, mas saíram com rapidez no contra-ataque quando recuperaram a bola. A equipe acelerou o jogo nas costas da zaga vascaína e se deu bem em vacilos dos visitantes. Com boas ultrapassagens, o lateral apareceu sempre como boa opção pelo lado esquerdo.

Vanderlei estreia com a camisa vascaína

Uma das principais contratações do Vasco para 2021, o goleiro Vanderlei vestiu a camisa do clube pela primeira vez. Sem ter muito trabalho ao longo do jogo, não saiu na foto no pênalti, mas não teve interferência alguma no resultado. Na bola difícil que veio, fez boa defesa em chute de Wisney.

Cronologia

Aos 10 minutos do primeiro tempo, Marquinhos bateu pênalti e abriu o placar para o Boavista. Aos 20, a arbitragem anulou gol de Gabriel Pec. Aos 27, Marquinhos ampliou. Aos 45 minutos, Cano aproveitou passe de Léo Matos para diminuir. Aos 4 minutos do segundo tempo, Gabriel Pec empatou.

Desfalque em cima da hora

Um dos destaques do Vasco neste início de temporada, o meia Marquinhos Gabriel sentiu um desconforto no aquecimento e foi tirado da partida. Ele foi substituído por Carlinhos.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA X VASCO

Competição: Campeonato Carioca, 10ª rodada
Data: 18 de abril de 2021, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Local: Elcyr Resende, em Saquarema (RJ)
Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano
Assistentes: Diego Luiz Couto Barcelos e Gabriel Bernardo Duarte
Gols: Marquinhos, aos 10 minutos do primeiro tempo; Marquinhos, aos 27 minutos do primeiro tempo; Cano, aos 45 minutos do primeiro tempo; Gabriel Pec, aos 5 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Klever, Douglas Pedroso, Jean, Erick Flores (BOA); Cayo Tenório (VAS)
Cartões vermelhos:

Boavista: Klever; Caio Felipe (Wisney), Gustavo, Vitor Pereira e Jean; Douglas Pedrosa, Ralph, Erick Flores; Jefferson Renan (Vitor Feijão), Marquinhos e Michel Douglas. Técnico: Fernandão

Vasco: Vanderei, Léo Matos (Cayo Tenório), Ernando, Leandro Castan e Zeca; Andrey e Galarza (Léo Jabá); Morato (Tiago Reis), Carlinhos (Lucas Figueiredo) e Gabriel Pec; Cano. Técnico: Marcelo Cabo

Vasco