PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Paulo Assis é cotado para assumir cargo de CEO após mudanças no Cruzeiro

Paulo Assis é um dos cotados para assumir cargo de CEO do Cruzeiro após mudança estratégica da diretoria - Divulgação
Paulo Assis é um dos cotados para assumir cargo de CEO do Cruzeiro após mudança estratégica da diretoria Imagem: Divulgação

Guilherme Piu e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte e São Paulo

17/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

A diretoria do Cruzeiro passa por mudanças estruturais e uma das alterações mexeu na cadeira da diretoria executiva do clube. Sandro Gonzalez deixou o cargo de CEO e deve ser substituído por peça que já se encontra no organograma do clube, mas em outra função. Segundo apurou o UOL Esporte, Paulo Assis, que ocupa o posto de diretor executivo administrativo da Raposa, é o cotado para substituir Gonzalez.

Paulo Assis está no Cruzeiro desde 28 de julho de 2020, quando deixou a diretoria do América-MG para assumir cargo diretivo no clube. A indicação de Assis para trocar o Coelho pela Raposa partiu do presidente Sérgio Santos Rodrigues, que tem boa relação com o profissional há anos.

"Paulo e eu nos formamos na mesma faculdade em Direito e fomos colegas no 2º curso de Gestão do Futebol da CBF, em 2016. Além de ser um amigo, ele é um profissional bastante respeitado no mercado, e possui uma visão e linha de conduta que casa com a missão, visão e valores que estamos implementando no Cruzeiro. Ele é um executivo com sólida experiência na liderança de times de trabalho, um gestor nato, e aceitou com brilho nos olhos fazer parte da nossa equipe. Com certeza, é um grande reforço para a nossa equipe e chega para agregar ainda mais profissionalismo à nossa gestão", enfatizou o presidente celeste à época da contratação de Paulo Assis.

Como diretor executivo administrativo, Paulo Assis era o responsável pelas operações administrativas, pela formatação de processos e estipulação de metas da pasta. Assis também trabalhava concomitantemente com outros diretores e os superintendentes do clube, auxiliava processos de gestão e elaborava planejamentos estratégicos no clube.

O UOL noticiou em 14 de abril a saída de Sandro Gonzales do cargo de CEO do Cruzeiro. O profissional estava na função desde fevereiro de 2020 e ocupou a vaga que havia sido de Vittorio Medioli, empresário que fazia parte do Conselho Gestor e administrou o clube entre o fim de 2019 até maio do ano passado.

Cruzeiro