PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Carol Portaluppi chora ao falar da saída de Renato do Grêmio: 'Um choque'

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/04/2021 20h08

Carol Portaluppi falou pela primeira vez após o anúncio da saída de Renato Gaúcho do Grêmio. Emocionada, a filha do treinador disse que 'foi um choque' assimilar a informação e esperou o momento certo para conversar com os torcedores, que aguardaram tanto seu posicionamento.

"Achei que não ia chegar essa hora, mas chegou. Estou aqui para falar da saída do meu pai do Grêmio. Eu demorei um pouco porque estava tentando assimilar tudo, controlar meus sentimentos. A princípio foi um choque, então, queria vir com calma e falar com vocês de boa. Como sempre foi", disse ela, que completou:

"Nada mais justo do que agradecer a vocês por estarem fazendo, eu não quero falar despedida, por estarem fazendo essa saída do meu pai tão linda, tão amorosa, respeitosa e carinhosa. Com tudo que estou vendo, que estão me mandando e marcando. Eu não esperava nada menor do que isso vindo de vocês, vocês são incríveis demais, em um nível bizarro de gigante."

Por fim, visivelmente abalada, Carol optou ser breve nas palavras e agradeceu a todos pelo carinho e disse que espera um reencontro no futuro.

"Vou parar por aqui, sou muito emotiva como podem ver. Não gosto de passar nada de ruim, triste para vocês. Gosto só de passar coisas boas. Eu não to conseguindo respirar para falar. Fica aqui meu beijo eterno e imortal para todos vocês. Tenho certeza que a gente se encontra mais lá com frente. Obrigado por tudo, sempre", finalizou.

Futebol