PUBLICIDADE
Topo

Santos

Holan usará empate como estudo no Santos e explica Felipe Jonatan no meio

Técnico Ariel Holan comanda o Santos contra o San Lorenzo, pela Libertadores - Ivan Storti
Técnico Ariel Holan comanda o Santos contra o San Lorenzo, pela Libertadores Imagem: Ivan Storti

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

14/04/2021 00h44

Após o empate em 2 a 2 com o San Lorenzo, nesta terça-feira (13), em Brasília, na classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores da América, o técnico Ariel Holan afirmou que utilizará a partida como estudo no Santos. O Peixe teve um primeiro tempo acima da média e abriu 1 a 0 com Marcos Leonardo. Na etapa final, Pará marcou, mas ao longo da partida caiu de produção e sofreu pressão nos minutos finais.

O argentino entende que era uma partida fácil de matar e que a definição poderia ter acontecido antes. O San Lorenzo teve Rojas expulso no início do segundo tempo e, mesmo com um a menos, os argentinos empataram.

"Foi um jogo que podíamos ter resolvido muito antes. Tivemos as chances nos contra-ataques, abrimos 2 a 0, mas quando o San Lorenzo viu que ficaria fora, colocou muito esforço para pressionar com dez jogadores e ir para frente. Não fizemos nos contra-ataques, o San Lorenzo fez um, fez o segundo e complicou um pouco. Temos muito que aprender em cima deste jogo. É muito enriquecedor, as conclusões que podemos tirar desse jogo para ser uma equipe cada vez mais forte. Muitas conclusões importantes", disse Holan em coletiva à imprensa após o jogo.

Holan também explicou a entrada de Felipe Jonatan improvisado pelo meio, mesmo tendo Ivonei à disposição. O lateral foi testado na posição no período de treinos em Atibaia, interior de São Paulo, quando o Santos ficou proibido de treinar na Baixada Santista por medidas governamentais contra a covid-19.

"Ivonei vem de uma lesão, ainda não jogou depois da lesão. A gente trabalhou com o Felipe em Atibaia para ele ser uma opção, íamos ganhar altura com o Madson na direita, seria importante para nos defendermos melhor contra o San Lorenzo, um time alto. Essa foi a razão. Mas não foi uma improvisação, foi algo que trabalhamos. Esperamos que o Ivonei já possa jogar o próximo jogo", explicou.

Com a classificação, o Santos receberá R$ 17 milhões de premiação na próxima fase e será parte do Grupo C da competição continental, com Boca Juniors, da Argentina, Barcelona de Guayaquil, do Equador, e The Strongest, da Bolívia. O primeiro confronto ocorrerá na próxima terça-feira, contra o Barcelona de Guayaquil.

Santos