PUBLICIDADE
Topo

Gaúcho - 2021

Galhardo faz três, Inter goleia o Aimoré e se classifica no Gauchão

Thiago Galhardo, em noite inspirada, comemora com Heitor a goleada do Inter sobre o Aimoré - ALVARO BUENO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Thiago Galhardo, em noite inspirada, comemora com Heitor a goleada do Inter sobre o Aimoré Imagem: ALVARO BUENO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em Porto Alegre

14/04/2021 23h29

Classificação e Jogos

O Internacional está na fase semifinal do Gauchão. Hoje (14), o Colorado fez 6 a 1 no Aimoré, no estádio Cristo Rei, pela 10ª rodada, e conquistou a classificação com uma rodada de antecipação. A goleada nasceu com grande atuação de Thiago Galhardo, que fez três gols. Heitor fez um, Tcharles marcou contra o último, e Guerrero ampliaram para o Inter. Darlan fez o gol de honra do Aimoré.

O resultado faz o time de Miguel Ángel Ramírez pular para o primeiro lugar, com 20 pontos. Já o Aimoré fica com 13 pontos, em sexto.

Na próxima terça-feira (20), o Colorado abre sua participação na Libertadores. O adversário será o Always Ready, na Bolívia. Já o Aimoré só volta a campo no dia 25, para encarar o São Luiz pela última rodada da primeira fase do Estadual.

Foi bem: Galhardo faz três e retoma artilharia

Thiago Galhardo justificou a escolha da comissão técnica do Inter em começar com ele como titular. Deu um passe de calcanhar no início da jogada do gol de Heitor. Foi responsável pela cobrança de pênalti no segundo gol, e recebeu de Patrick para fazer o terceiro, e ainda retomou sozinho para marcar o quarto. Uma atuação de luxo e os gols que o recolocaram no posto que ocupou durante a temporada passada: o de artilheiro do time.

Foi mal: Cuesta é expulso em lance bobo

Victor Cuesta perdeu a cabeça após ver que Marabá, do Aimoré, havia agredido Edenilson em lance no meio campo. O argentino acertou o rival durante discussão e ambos acabaram expulsos.

Patrick perde "pênalti da recuperação"

Patrick não vive boa fase no Inter. Após ser um dos destaques da temporada passada, o Pantera Negra ainda não repetiu as boas atuações de outros tempos. Hoje, foi deslocado para o lado direito por Miguel Ángel Ramírez e até participou do lance do primeiro gol. Mas, na etapa final, foi chamado para bater um pênalti apesar de não ser batedor oficial. Seria um lance simbólico, um gol que significaria recuperação. Porém, acabou chutando por cima.

Guerrero volta a marcar após oito meses

Paolo Guerrero voltou a marcar. O centroavante peruano entrou no segundo tempo e na primeira chance que teve colocou na rede o sexto gol do Colorado. Além disso, participou do lance do quinto gol. Foi seu primeiro gol desde a lesão que o fez ficar sete meses afastado. A última vez que havia balançado as redes tinha sido há oito meses.

O jogo do Aimoré: Chances claras desperdiçadas

O Aimoré saiu atrás, mas quando perdia por 1 a 0 teve chances claras de gol. Depois de começar claudicante, o time forte na defesa e cujo contra-ataque rápido é a principal característica conseguiu construir duas chances evidentes de marcar. Mas perdeu ambas. A primeira com Isaías, que foi premiado com uma falha de Rodrigo Dourado na saída de bola. Ele chegou a driblar Marcelo Lomba, mas chutou para fora. Depois, Neto Baiano recebeu em profundidade e chutou, parando no goleiro. E quando marcou, já no fim do primeiro tempo, teve o gol anulado. Na etapa final, o time de Gilson Maciel marcou após escanteio, mas não evitou a derrota.

O jogo do Inter: Acertos no ataque, erros na zaga

O Inter falhou algumas vezes na defesa, deixando o Aimoré criar oportunidades de gol. Foram ao menos quatro, mas nenhuma acabando em gol. E se falhou em oportunidades atrás, acertou na frente. Durante os quase 15 dias de treino que teve, Miguel Ángel Ramírez aprimorou a movimentação dos jogadores de lado. Hoje, começou com Patrick na direita e Palacios na esquerda. Deu a ambos liberdade de movimentação e tramas surgiram com participação também de Galhardo. Não demorou para o time de Porto Alegre abrir o placar e construir o resultado.

Confusão com expulsão no banco de reservas

Antes dos 15 minutos do primeiro tempo, o árbitro Vinícius Gomes do Amaral expulsou Jean Roberto, do Aimoré, que estava no banco de reservas. O jogador teria xingado o juiz durante uma jogada na lateral. Irritado, ele não queria deixar o campo de jogo e a polícia precisou intervir. Depois de uma paralisação longa, o jogador deixou o campo e, na saída, chutou uma lixeira, espalhando sujeira pelo gramado.

FICHA TÉCNICA
AIMORÉ 1 X 6 INTERNACIONAL

Data: 14/04/2021 (quarta-feira)
Local: estádio Cristo Rei, em São Leopoldo (RS)
Árbitro: Vinícius Gomes do Amaral
Auxiliares: André da Silva Bittencourt e Juarez de Mello Júnior
Cartões amarelos: Neto Baiano e Tcharles (AIM), Moisés (INT)
Cartões vermelhos: Jean Roberto e Marabá (AIM); Cuesta (INT)
Gols: Heitor (Inter), aos 18 minutos do primeiro tempo; Thiago Galhardo (Inter), aos 39 minutos do primeiro tempo, aos 7 minutos e aos 18 minutos do segundo tempo; Darlan (Aimoré), aos 10 minutos do segundo tempo; Tcharles (Aimoré), contra, aos 43 minutos do segundo tempo; Guerrero (Inter), aos 48 minutos do segundo tempo;

Aimoré
Raul; Bruno Ferreira (Tcharles), Renato, Darlan e Lucas Sampaio; Marabá, João Denoni (Mineiro), Luís Soares (Erico Júnior), Isaias e Guilherme Beléa (Everton Júnior); Neto Baiano (Janeudo).
Técnico: Gilson Maciel.

Inter
Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson (Lindoso) e Praxedes (Nonato); Patrick (Caio Vidal), Galhardo (Yuri Alberto) e Palacios (Guerrero).
Técnico: Miguel Ángel Ramírez.