PUBLICIDADE
Topo

Copa do Brasil - 2021

CSA viaja 2.500km em uma semana, e Pimpão destaca decisões consecutivas

Rodrigo Pimpão, atacante do CSA, que entra em campo hoje pela Copa do Brasil - Divulgação/Ascom CSA
Rodrigo Pimpão, atacante do CSA, que entra em campo hoje pela Copa do Brasil Imagem: Divulgação/Ascom CSA

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

13/04/2021 08h59

Classificação e Jogos

O CSA entra em campo hoje (13), às 21h30, pela segunda rodada da Copa do Brasil. O time alagoano enfrenta o Remo, em casa, no Estádio Rei Pelé, em meio a uma maratona de 2.500 quilômetros viajados em sete dias.

A equipe vem de classificação para as quartas de final da Copa do Nordeste. No sábado, o CSA empatou com o Sampaio Corrêa fora de casa e avançou para a próxima fase do regional. O adversário será o Fortaleza, neste sábado (17).

Entre o empate com o Sampaio Corrêa e o duelo com o Fortaleza, o CSA viaja 2.500 quilômetros em sete dias. O atacante Rodrigo Pimpão reconhece que a logística de viagens é difícil no Brasil, o que tornará a sequência ainda mais cansativa.

"É uma maratona bem difícil. São viagens longas. O nosso futebol é assim. É difícil de conseguir encaixar, engatilhar uma viagem mais tranquila. Estamos preparados para passar por isso e vamos na luta por essa classificação. Chegamos de viagem no domingo, na segunda-feira treinamos e concentramos e vamos ter o jogo na terça-feira. É uma decisão atrás da outra para que consigamos conquistar os objetivos iniciais do CSA", disse.

Na temporada 2021, o CSA tem sete vitórias, oito empates e apenas uma derrota, para o Ceará, pela Copa do Nordeste. Na primeira fase da Copa do Brasil, o Azulão goleou o Guarany-CE por 5 a 1. O time ainda disputa o Campeonato Alagoano.

"Fico muito feliz em ver que esse ano as coisas são diferentes do que no ano passado, já que estamos participando desse bom momento do clube. Os resultados são bons, já que só perdemos uma partida e na maioria fizemos gols. Os jogadores que aqui chegaram entenderam a filosofia do time. Temos uma boa preparação. Esperamos mais e queremos mais", continuou o atacante.

Classificar-se à próxima fase da Copa do Brasil garante R$ 1,7 milhão ao CSA. No jogo contra o Remo, ninguém tem vantagem do empate. Se houver igualdade no tempo normal, a classificação será decidida nos pênaltis.