PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro x Atlético-MG faz 100 anos com pressão por goleada e pedido de WO

Clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG completará cem anos no dia 17 de abril de 2021 - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG completará cem anos no dia 17 de abril de 2021 Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

11/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

Cruzeiro e Atlético-MG vão comemorar em campo hoje (11), a partir das 16h, o centenário de um dos maiores clássicos do futebol brasileiro. A partida entre os arquirrivais completa 100 anos no próximo dia 17 de abril e isso coloca um tempero especial a mais nesse encontro, que promete ser bem intenso e caloroso por tudo o que está rolando nos bastidores.

Do lado alvinegro há uma enorme expectativa por um placar elástico favorável ao Galo, pela diferença técnica entre os elencos de cada clube ocasionada, principalmente, pelas contratações impactantes e milionárias realizadas desde o ano passado. Do lado celeste há apreensão já que o rival está em melhor momento, com um time mais encaixado, mais experiente e até pressionado pela torcida por um resultado expressivo.

Essa pressão positiva se sustenta pelo encontro de membros da Galoucura, maior organizada do Atlético-MG, com jogadores e dirigentes do clube. A reunião foi revelada pelo presidente da própria torcida, que publicou uma mensagem em sua conta particular no Instagram.

"Na tarde de sexta-feira (9), nossa diretoria se reuniu com Rever, [Guilherme ] Arana, Victor e o diretor Rodrigo Caetano para passar a mensagem do clássico de domingo. Nós como a maior organizada do clube somos porta-vozes de todo torcedor atleticano espalhado pelo mundo. Passamos aos jogadores o que todo torcedor pensa sobre o jogo de domingo. Escrevemos uma carta que será entregue a todos os jogadores neste sábado. É guerra! Clássico não se joga, se ganha! Vamos, Vamos Galo!!", escreveu o líder da organizada.

A carta citada pelo presidente da organizada foi divulgada também nas redes sociais e circulou por aplicativos como Twitter, Whatsapp e Instagram. Em um dos trechos, a Galoucura cita: "Pedimos que deem à vida [sic] dentro de campo, com raça, suor, sangue e amor à camisa (...) Essa é a chance de ouro de uma vez por todas jogar a última pá de cal em nosso ex-rival e dar continuidade em nossa hegemonia. (...) faça com que a data de domingo seja marcante e entoará por toda a eternidade (...) Não estamos colocando pressão, pelo contrário. Estamos expressando todo o sentimento de cada torcedor atleticano", são os dizeres bem fortes escritos em partes da carta da organizada aos jogadores do Galo.

Lado cruzeirense

O ambiente de tensão no pré-clássico nessa era digital com o forte uso das redes sociais gerou reações até desmedidas por parte de alguns torcedores. Pela disparidade técnica e de investimento entre os rivais nos últimos anos, e pelos resultados recentes de ambos, teve gente que sugeriu um W.O como solução para que o Cruzeiro não entrasse em campo contra o Atlético-MG.

Houve também mensagens que se tornaram virais. Inclusive, um suposto diálogo entre um torcedor com um dos jogadores do elenco atleticano. Mesmo sem atestar a veracidade do conteúdo, segundo apurou o UOL Esporte, essa mensagem foi enviada a dirigentes do Cruzeiro, membros da comissão técnica e até jogadores.

"Eu recebi esse negócio também [suposta mensagem pedindo vitória expressiva a jogadores do Altético-MG]. Mandei para o Fábio, Célio Lúcio, para o presidente, um bocado de gente. Tem que motivar o time lá. Eles vão entrar com esse pensamento", disse em áudio também bastante difundido um ex-lateral cruzeirense.

Favoritismo

Esse clima de tensão e mobilização psicológica mexe muito com os ânimos dos torcedores. Porém, pelo menos no discurso, os jogadores do Atlético-MG tentam rechaçar o favoritismo. Enquanto os atletas e membros da comissão técnica do Cruzeiro jogam toda a responsabilidade para o lado alvinegro.

"Independentemente dos números, o clássico se equilibra muito. Muito se fala, mas tudo é resolvido nas quatro linhas. Quem tiver atitude, comprometimento, gana de vencer, e colocar em prática no jogo, vai ficar mais próximo de um resultado positivo", destacou o goleiro Fábio, que fará o seu clássico de número 65 com a camisa do Cruzeiro.

Líder isolado do Campeonato Mineiro com 21 pontos em oito jogos, o Atlético-MG tem sete pontos a mais que o Cruzeiro. Uma vitória pode fazer o Galo, já classificado às semifinais, disparar ainda mais na pontuação. E nem assim o volante Allan entende que o favoritismo está do lado atleticano.

"O favoritismo é de fora para dentro. Aqui dentro, vamos nos dedicar e trabalhar muito, pois clássico é difícil, independentemente da situação dos times. Uma coisa que temos em mente é sair com a vitória no domingo. Isso é o que mais nos interessa", disse o meio-campista.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO X ATLÉTICO-MG

Motivo: 9ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e Horário: 11 de abril de 2021, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Celso Luiz da Silva

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres, Ramon, Weverton e Matheus Pereira; Adriano, Matheus Barbosa e Marcinho (Rômulo); Airton, Bruno José e Rafael Sobis. Técnico: Felipe Conceição.

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Matías Zaracho e Nacho Fernández; Hulk (Savarino), Keno e Vargas. Técnico: Cuca.

Futebol