PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Kaio Jorge volta ao Santos após 2 meses, mas ainda espera para ser titular

Kaio Jorge comemora gol marcado pelo Santos contra o Goiás na temporada passada - Ivan Storti/Santos FC
Kaio Jorge comemora gol marcado pelo Santos contra o Goiás na temporada passada Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Do UOL, em São Paulo

11/04/2021 04h00

A partida contra o Botafogo-SP, ontem (10), na Vila Belmiro, marcou o retorno de um importante jogador para o Santos na sequência da temporada 2021. O centroavante Kaio Jorge voltou a vestir a camisa alvinegra depois de quase dois meses de ausência, mas ainda precisa esperar para ser titular.

A última partida de Kaio Jorge havia sido em 13 de fevereiro, contra o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro. Ele ficou afastado desde então para tratar de uma lesão muscular na coxa direita ao mesmo tempo em que negocia a renovação contratual com o Santos. O retorno do centroavante aconteceu aos 16 minutos do segundo tempo em substituição a Bruno Marques. No entanto, ele não conseguiu evitar o empate sem gols no jogo válido pelo Campeonato Paulista.

Em campo, Kaio Jorge mostrou a movimentação habitual, mas ainda sem ritmo e com falta de entrosamento com seus companheiros de ataque.

"Kaio está ganhando confiança em sua volta ao jogo. É um jogador que mentalmente precisa seguir acreditando que sua lesão já passou e que, à medida que vai jogando, vai se dar conta que está bem e que pode jogar", justificou o técnico Ariel Holán, demonstrando que ainda não conta com ele para ser titular do Santos.

"Fisicamente, ele está bem, mas mentalmente está se adaptando à volta depois dessa lesão muscular. Acredito que nos próximos jogos ele será o Kaio que todos nós queremos e que ele quer."

Kaio Jorge foi um dos destaques do Santos na temporada passada. Mesmo sem ter marcado muitos gols, ele se tornou peça fundamental no time de Cuca que foi à final da Libertadores contra o Palmeiras. O melhor momento do centroavante foi nas quartas de final do torneio continental, quando marcou três gols nos dois jogos do confronto com o Grêmio.

Enquanto ele não volta a ser titular, o comando do ataque deve seguir ocupado por Marcos Leonardo na próxima terça-feira (13), quando o Santos decide a classificação para a fase de grupos contra o San Lorenzo, em Brasília (DF). Para avançar, o Peixe pode até perder por um gol de diferença, pois, na partida de ida, na Argentina, saiu com uma vitória por 3 a 1.

Futebol