PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Inter folga antes de "loucura de jogos" de olho em evolução com Ramírez

Miguel Ángel Ramírez, técnico do Inter, comanda o time em início de trabalho - Ricardo Duarte/Inter
Miguel Ángel Ramírez, técnico do Inter, comanda o time em início de trabalho Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

11/04/2021 12h00

Classificação e Jogos

Este domingo (11) é o segundo dia de folga dos jogadores do Inter. Sem compromissos no fim de semana, o grupo do Colorado se prepara para a "loucura de jogos" que se avizinha.

Serão partidas de Gauchão e Libertadores, e depois o início do Brasileiro e da participação do Colorado na Copa do Brasil. Com o calendário apertado pelo começo tardio, a meta é agregar detalhes do trabalho de Miguel Ángel Ramírez ao time imediatamente.

"Treinamos de tudo: técnica, tática, finalização... É pouco tempo para trabalhar que temos neste calendário e tivemos troca de treinador, agora é um novo conceito, uma nova forma de pensar e jogar. Já temos mostrado algumas coisas em treinos e jogos, e a cada dia queremos ir avançando mais", disse Thiago Galhardo.

"Vai começar aquela maratona, aquela loucura de jogos. E time grande, que disputa grandes competições e quer estar no topo sempre, precisa se adaptar, ter um plantel forte. É como o Inter tem feito", completou.

A partida contra o Aimoré seria apenas no dia 18, mas foi antecipada para a próxima quarta-feira. Desta forma, os 14 dias que o Inter teria sem jogos viraram 10. Mas mesmo assim a meta e mostrar evoluções importantes.

"Teremos uma evolução no entendimento do modelo de jogo. As peças não mudaram tanto da temporada passada, tivemos só uma contratação, mas o que muda é o planejamento e o pensamento do treinador. Isso demanda tempo. Mas é o que eu sempre falo quando chega um novo treinador: precisa dar tempo para ele trabalhar, e só depois julgar se o trabalho é bom ou ruim", completou o atacante.

Internacional