PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Melo contesta rixa entre Palmeiras e Fla: "Nossos rivais estão em SP"

Felipe Melo durante entrevista coletiva em Brasília - Cesar Greco/ Palmeiras
Felipe Melo durante entrevista coletiva em Brasília Imagem: Cesar Greco/ Palmeiras

Gabriela Chabatura

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/04/2021 16h39

Classificação e Jogos

Se a rivalidade entre Palmeiras e Flamengo se intensificou nos últimos anos pelas conquistas de títulos das duas equipes e pelas provocações trocadas na internet, Felipe Melo refuta o rótulo de que o Rubro-Negro seja o maior adversário a ser batido pelo Verdão na atualidade.

"Para ser bem sincero, os nossos grandes rivais estão em São Paulo. Claro que Flamengo é um grande clube, um gigante do cenário nacional e internacional, mas os nossos grandes rivais estão em São Paulo, Corinthians, São Paulo e Santos. Esses são os nossos grandes rivais", afirmou o jogador palmeirense que, coincidentemente, foi revelado ao futebol brasileiro pelo clube da Gávea.

Melo também comentou sobre a final única da competição. Isto é, em caso de empate no tempo normal, as equipes decidirão a taça na cobrança de pênaltis. "Foi assim na final da Libertadores contra um clube que tem uma história linda, que é o Santos. Foi assim no Campeonato Paulista, um jogo só contra o nosso maior rival [Corinthians]. Final de campeonato é sempre diferente, não importa se você está encontrando um grande clube ou um clube, de repente, de expressão menor".

"É uma final de campeonato, vale muita coisa, muita coisa que está em jogo. Neste caso, envolvendo duas grandes torcidas, duas grandes histórias, e final de campeonato tem que entrar em campo e vencer independente quem está do outro lado. Respeitando sempre, entendendo que vai ser difícil, entendendo que é um rival que vem vencendo nos últimos tempos, como nós também. Mas entendemos que temos totais condições de poder fazer um grande jogo e trazer essa taça para São Paulo".

Por fim, o capitão do Verdão falou sobre o que o time precisa fazer de diferente em comparação à última atuação contra o Defensa y Justicia, na quarta-feira (7), pela Recopa.

"Fizemos dois gols, tomamos um. Saímos com vitória, isso é o mais importante. Repetir os dois gols e, de repente, tomar um gol, saímos campeões. Sobre o que nós vamos fazer, isso daí o nosso treinador está preparando, é uma coisa bem interna. Esperamos repetir o resultado que foi feito no último jogo. Sabemos que final de campeonato, se vence. Escutei o Rogério [Ceni] falando que quando está ganhando está tudo beleza, mascara muitas coisas. E quando você está perdendo, às vezes jogando bem e não é levado em consideração. Então, é sair com a vitória".

A decisão da Supercopa do Brasil entre Palmeiras e Flamengo acontece amanhã (11), no estádio Mané Garrincha, em Brasília, a partir das 11h.

Futebol