PUBLICIDADE
Topo

Santos

O dia que Chorão fez show na Vila e promoveu 'rolê aleatório' com Benja

Chorão (dir.) e a banda Charlie Brown Jr. em entrevista com Benjamin Back, o Benja, nas cadeiras da Vila Belmiro - Arquivo pessoal/Benja
Chorão (dir.) e a banda Charlie Brown Jr. em entrevista com Benjamin Back, o Benja, nas cadeiras da Vila Belmiro Imagem: Arquivo pessoal/Benja

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

09/04/2021 04h00

Chorão e Charlie Brown Jr., Benja, Muricy Ramalho, João Canalha e Luiz Álvaro, todos juntos em uma mesma entrevista. É claro que essa turma reunida só podia ter a ver com o Santos, né? Sim, foi em abril de 2012, em uma espécie de comemoração pelo centenário do clube.

O que rolou foi um show acústico do Charlie Brown Jr. nas cadeiras da Vila Belmiro depois de um convite feito por Benjamin Back, o Benja, ao seu amigo pessoal Chorão, que nos deixou há pouco mais de oito anos e hoje, dia 9 de abril de 2021, estaria completando 51 anos de vida.

Tudo começou com um papo entre Chorão e Benja, que à época trabalhava no Lance! e tentava criar algo diferente para a celebração dos 100 anos do Peixe.

"Todos os programas e sites estavam fazendo coisas iguais sobre o centenário do Santos, e eu pensei: 'O que eu posso fazer de diferente'? Aí liguei para o Chorão, que era amigo, parceiro, santista. 'Chorão, preciso gravar meu programa essa semana e é o centenário do Santos, queria fazer uma parada diferente'. E ele: 'O que você precisa'? 'Pensei em fazer o programa você e eu sentados nas cadeiras da Vila'. Aí ele falou: 'Pô, irmão, por que você não faz um acústico do Charlie Brown'? E eu: 'Pô, Chorão, tá brincando? Quem sou eu pra organizar um acústico do Charlie Brown'? 'Pô, você é meu parceiro, vou te dar de presente. Conta comigo'", disse Benja em entrevista ao UOL Esporte.

Benja e Chorão - Arquivo pessoal/Benja - Arquivo pessoal/Benja
Benjamin Back, o Benja, com o amigo Chorão, ex-vocalista do Charlie Brown Jr.
Imagem: Arquivo pessoal/Benja

O plano inicial tinha apenas Chorão e a banda Charlie Brown Jr. sendo entrevistados no Papo com Benja, mas o 'rolê aleatório', aos poucos, começou a se formar. O primeiro a aparecer foi Luiz Álvaro, ex-presidente do Santos que faleceu em 2016.

"Cheguei na Vila Belmiro umas 11h15 e ele [Chorão] já estava me esperando, puta cara de sono, e todos os caras do Charlie Brown lá. Quando entrei, o Luiz Álvaro me ligou: 'Pô, você tá aqui na Vila? Veio fazer o programa e não me convidou? Vou subir aí e fazer o programa também'. Aí ele fez uma parte do programa, e nem era convidado, e quis fazer. E na hora que eu estava gravando, o João Canalha, que era da ESPN na época, estava lá em cima entrevistando o Muricy, e o Muricy começou a me acenar e falou: 'Eu vou aí'. Aí ele pegou e veio fazer o programa também. Chamei o Canalha também, e eu nem tinha microfone pra todo mundo. Mas foi uma vibe tão legal, foi todo mundo fazendo o programa", acrescentou Benja - veja no vídeo abaixo.

Além das entrevistas e de algumas músicas tocadas pelo Charlie Brown Jr., o "Papo com Benja" contou com um improviso de Chorão em homenagem ao Santos. O cantor, nascido na zona norte de São Paulo, mudou-se para o litoral paulista na adolescência e, com a fundação do Charlie Brown Jr., tornou-se uma das principais referências da cidade.

"O Chorão fez uma música para o Santos com improviso na hora, e o programa foi alucinante, o Santos usou direto nas comemorações do centenário. Tem uma hora que o Chorão tá cantando, olha pra mim e fala: 'Aí Benja, só você pra me fazer acordar cedo' [risos]", brincou.

Que saudade desse cara, e que dia histórico, antológico. E modéstia à parte, e não por minha causa, mas o programa mais marcante dos 100 anos do Santos, que muita gente guarda na memória, é esse Papo com Benja com o Chorão. Só os loucos sabem!"
BENJA

Apaixonado pelo Santos Futebol Clube, Chorão era personagem constante em comemorações que envolviam o clube. Antes, em 2010, o grupo liderado pelo cantor fez um show no gramado da Vila Belmiro para animar a apresentação do atacante Robinho, que voltava ao time. Também em 2012, o Charlie Brown Jr. fez o show principal do Navio do Centenário.

1.fev.2010 - Chorão anima a volta do jogador Robinho ao Santos, na Vila Belmiro (SP). O atleta veio por empréstimo até 4 de agosto de 2010 do Manchester City, da Inglaterra - Folhapress - Folhapress
Imagem: Folhapress

Santos