PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Conheça os adversários de Bahia e Ceará na Sul-Americana

Sul-Americana: Ceará e Bahia enfrentam Jorge Wilstermann e Independiente - Marcelo Endelli/Getty Images
Sul-Americana: Ceará e Bahia enfrentam Jorge Wilstermann e Independiente Imagem: Marcelo Endelli/Getty Images

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

09/04/2021 14h14

Classificação e Jogos

Ceará e Bahia, únicos representantes nordestinos na Copa Sul-Americana, conheceram nesta sexta-feira (8) seus primeiros adversários na competição. Enquanto a equipe cearense enfrenta o Jorge Wilstermann (BOL), o Bahia terá pela frente o Independiente (ARG). A competição começa no dia 20 de abril.

Invicto na Copa do Nordeste há 19 jogos, será a primeira vez que o Ceará irá disputar uma partida oficial fora do país. O time estreia em casa e viaja para a Bolívia, no jogo de volta — as datas das partidas ainda não foram confirmadas.

O Vovô carimbou o passaporte internacional ao terminar o último Brasileirão na 11ª colocação. Além de Ceará e Jorge Wilsterman, o grupo B tem Arsenal (ARG) e Bolivar ou Atlético Junior, da Bolívia, que ainda disputam a fase de classificação.

Apesar de nunca ter disputado um jogo fora do país, o Ceará já participou de dois torneios internacionais na sua história. Se classificou para a Copa Conmebol de 1995, sendo eliminado para o Corinthians, e em 2011, o Vovô jogou a Sul-Americana, caindo para o São Paulo. Nas duas participações, o Alvinegro atuou apenas nas fases nacionais dos torneios. Em 2021, a equipe cearense disputará ao menos três jogos fora do país, todos pela fase de grupos da Sula.

O primeiro adversário da equipe, apesar de nunca ter vencido uma competição internacional, tem 15 títulos e 8 vice-campeonatos da Primeira Divisão da Bolívia, 21 participações em torneios internacionais, sendo o primeiro clube do país a participar da Copa Libertadores, em 1981.

Bahia estreará contra heptacampeão da Libertadores e bi da Sula

Representante brasileiro do Grupo B, o Bahia enfrentará o Independiente (ARG) na estreia. O Esquadrão terminou o Brasileirão de 2020 em 14º, garantindo a última vaga para o torneio. Essa é a quarta participação consecutiva do Bahia, que é o time do Nordeste com mais passagens pela Sula (oito vezes).

Nos anos anteriores, o Bahia foi eliminado nas quartas de final duas vezes (2018 e 2020). Em 2019, não passou da fase de grupos.

O primeiro adversário da equipe é um dos maiores vencedores da Copa Libertadores, com sete no total, além de duas conquistas da Copa Intercontinental. Também conquistou as edições de 2010 e 2017 da Sul-Americana.

No grupo da equipe baiana estão: Independiente (ARG), Bahia (BRA), Guabirá (BOL) e o representante de número 2 de quem se classificar do Uruguai, que pode ser Montevideo City Torque ou Fénix.

A fase de grupos será disputada do dia 20 de abril a 27 de maio. Cada equipe fará seis jogos, contra os times do mesmo grupo, em partidas de ida e volta e só o campeão de cada chave avança para as eliminatórias.

Veja os grupos da Sul-Americana:

  • Grupo A: Rosario Central (ARG), Huachipato (CHI), 12 de Octubre (PAR) e E4 (perdedor de San Lorenzo x Santos)
  • Grupo B: Independiente (ARG), Bahia, Guabirá (BOL) e Uruguai 1
  • Grupo C: Jorge Wilstermann (BOL), Arsenal (ARG), Ceará e E3 (perdedor de Bolívar x Junior)
  • Grupo D: Athletico, Melgar (PER), Aucas (EQU), Metropolitanos (VEN)
  • Grupo E: Corinthians, Sport Huancayo (PER), River Plate (PAR) e Uruguai 2
  • Grupo F: Newell's (ARG), Palestino (CHI), Atlético-GO e E1 (perdedor de Libertad x Atlético Nacional)
  • Grupo G: Emelec (EQU), Tolima (COL), Talleres (ARG) e Bragantino
  • Grupo H: Lanús (ARG), La Equidad (COL), Aragua (VEN) e E2 (perdedor de Grêmio x Independiente del Valle)

Futebol