PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Rafael Oliveira: Real tem vantagem mas o Liverpool é capaz de mudar marcha

Do UOL, em São Paulo

08/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

A primeira rodada das quartas de final da Liga dos Campeões tiveram vitórias, dos mandantes nos casos de Manchester City e Real Madrid, e dos visitantes em relação a Chelsea e Paris Saint Germain, sendo que nos caso de Porto e Liverpool, ambos estão em desvantagem de dois gols.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte com os jornalistas Julio Gomes, Mauro Cezar Pereira e Rafael Oliveira, a situação dos confrontos é analisada e Oliveira aponta os times que acredita que devem avançar às semifinais, embora considere que apenas o confronto entre Chelsea e Porto está mais próximo da definição.

"Eu acho que o único confronto que está realmente muito encaminhado, até pela dificuldade que o Porto já mostrou na questão de poder de fogo, mesmo competindo muito bem, para mim é a classificação do Chelsea, acho os outros três confrontos abertos em nível diferentes?, diz Rafael.

"Acho que o Real Madrid tem uma vantagem teoricamente confortável, relativamente confortável, sendo um time que tem todos esses pilares e tudo, mas o Liverpool é um time capaz de mudar uma chavinha, mudar a marcha e transformar o jogo naquela loucura que seria muito prejudicial para o Real Madrid", completa.

Em opinião compartilhada por Mauro Cezar Pereira, Rafael acredita que devem avançar Real Madrid, Manchester City, Paris Saint-Germain e Chelsea para as semifinais da competição europeia.

"O Chelsea está muito próximo da classificação, o Real Madrid tem uma vantagem relativamente confortável e os outros confrontos eu já acho mais perigosos. O City é mais time e tem vantagem, mas não acho que está decidido, em tese o palpite é que o City vai passar, e o PSG e Bayern aí eu acho que tem tudo para ser um jogo completamente indefinido. A única coisa que eu espero do jogo é um jogo frenético, um jogo aberto, talvez mais equilibrado do que essa ida é o que eu espero", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol