PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Pais de jovem morto no CT do Flamengo preparam ação de R$ 10 mi, diz jornal

Christian Esmério fez parte da seleção de base pouco antes de tragédia no Ninho - Reprodução/Instagram
Christian Esmério fez parte da seleção de base pouco antes de tragédia no Ninho Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

08/04/2021 10h24

Os pais de Christian Esmério, um dos dez jovens mortos no incêndio do CT do Ninho do Urubu em 2019, preparam uma nova ação na Justiça contra o Flamengo. As informações são do jornal O Globo.

Segundo o veículo, a família do ex-goleiro vai pedir cerca de R$ 10 milhões de indenização caso não obtenha, nas próximas semanas, um acordo com a diretoria do clube carioca.

Cristiano Esmério e Andreia Lopes, pais de Christian, realizam conversas semanais com o clube desde o dia 8 de fevereiro, data que marcou a missa de dois anos da tragédia. Ainda não houve um acordo entre as partes.

Considerado como uma das maiores promessas do Flamengo na época, Christian tinha 15 anos e já havia sido convocado pela seleção brasileira de base.

Por este motivo, ainda de acordo com o O Globo, os representantes do ex-goleiro rejeitaram a oferta do clube, que girava entre R$ 1,5 milhão e R$ 2 milhões - parentes de outros jovens mortos no incêndio aceitaram este valor e encerraram seus processos.

Flamengo