PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Atlético-MG: Nacho Fernández ofusca outras estrelas com início avassalador

Nacho Fernández começou sua passagem pelo Galo se destacando por gols e assistências - Pedro Souza/Atlético-MG
Nacho Fernández começou sua passagem pelo Galo se destacando por gols e assistências Imagem: Pedro Souza/Atlético-MG

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

07/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

Ainda é cedo para cravar o que cada jogador do Atlético-MG produzirá na temporada 2021, mas alguns cartões de visitas despertam muito a atenção e aumentam a expectativa dos torcedores. Caso do meia Nacho Fernández, uma das grandes contratações do clube neste ano e que começa sua passagem pelo Galo de forma impactante. O argentino, se mantido no time titular hoje (7), pode aumentar ainda mais sua estatística na partida contra o Pouso Alegre, às 16h, no Mineirão, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro.

Nos últimos três jogos, o Galo fez sete gols e Nacho teve participação direta em seis. Números que chamam a atenção e mostram que a fama de decisivo dos tempos de River Plate (ARG) tem tudo para ser mantida agora no futebol brasileiro.

Logo em sua estreia, contra o Coimbra, o argentino balançou a rede uma vez, deu uma assistência e sofreu um pênalti. No segundo compromisso, contra a Caldense, deu outra assistência, e, no fim de semana passado, anotou dois gols e ainda acertou a trave, no clássico com o América-MG, no Mineirão.

Tal desempenho tem sido motivo de elogios do técnico Cuca, que enalteceu a qualidade de jogo e a técnica de Nacho Fernández.

"Ele é diferenciado. Jogador que tem uma movimentação enorme, busca o jogo toda hora. Lógico que ele erra, porque busca o jogo todo o tempo. É um armador, é um segundo atacante, chega na frente para concluir, tem uma bola parada muito eficiente. É um jogador muito inteligente. Estamos muito contentes com ele. Além disso, é artilheiro. Tem aproveitado bem [as oportunidades] e feito os gols", elogiou Cuca.

Para se ter uma ideia, Nacho Fernández começou melhor no Galo do que o astro Hulk, que construiu toda sua carreira fora do Brasil, jogou partidas de Champions League, atuou pela seleção brasileira e participou até de Copa do Mundo.

Em cinco jogos pelo Galo, quatro como titular, Hulk fez apenas um gol e deu uma assistência. O atacante precisou de 190 minutos para participar efetivamente de um gol e teve 33% de efetividade em suas tentativas ofensivas — 12 chutes a gol acertou apenas quatro.

Já Nacho Fernández aparece entre os artilheiros do Campeonato Mineiro — três gols, ao lado de Marrony — e com grande efetividade na construção de jogadas e na finalização com gols. E pelo desempenho avassalador do argentino neste seu início de trajetória no Galo o técnico Cuca já respondeu sobre uma eventual "Nachodependência".

"Acho que é cedo para a gente pensar nisso [dependência do argentino], mas ele é um jogador inteligente. É difícil de ser marcado, porque ele sabe a hora de descentralizar, sabe a hora de infiltrar, faz muitas diagonais por dentro. É um jogador versátil, que é bom de jogar, inteligente. Se a gente tiver uma dependência dele e ele estiver dando conta, não faz mal", explicou o treinador.

Elogios dos companheiros

O próprio Hulk, que ainda busca o melhor desempenho com a camisa alvinegra, também rasgou elogios a Nacho Fernández logo após o clássico com o América-MG. "Sobre o Nacho, todo mundo conhece. Ganhou tudo no River, tem muita qualidade, assim como todos os nossos jogadores. Estamos à disposição do nosso professor [Cuca] para crescer a cada jogo", disse o camisa 7 à TV Globo.

Apesar do grande início pelo Galo, o próprio Nacho afirmou que não está em sua plenitude técnica e física. "Por sorte, eu consegui fazer gols e assistências. Vou melhorando com a sequência de partidas", declarou o argentino ao canal Premiere.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG x POUSO ALEGRE

Motivo: 8ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e Horário: 7 de abril de 2021 (quarta-feira), às 16h (de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Augusto Magno de Ramos

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Zaracho e Nacho Fernández; Hulk (Savarino), Keno e Eduardo Sasha (Eduardo Vargas). Técnico: Cuca

POUSO ALEGRE: Cairo; Lucas Gonçalves, Ewerton, Guilherme Paraíba e Elivélton; Leandro Salino, Arilson, Matheus Roldan, Matheus Sousa e Erick; Paulo Henrique. Técnico: Emerson Ávila

Atlético-MG