PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Escalações em decisões entregam formação ideal de Abel no Palmeiras

Elenco do Palmeiras se prepara para a Recopa - Cesar Greco/ Ag. Palmeiras
Elenco do Palmeiras se prepara para a Recopa Imagem: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras

Gabriela Chabatura

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/04/2021 04h00

As férias acabaram, e Abel Ferreira está de volta à área técnica para mais uma prova de fogo no comando do Palmeiras. Hoje, às 21h30 (de Brasília), diante do Defensa y Justicia, pela Recopa Sul-Americana, o técnico português, enfim, vai acabar com o mistério ao colocar em campo o time que entende ser o ideal para as grandes decisões, incluindo a Supercopa do Brasil, contra o Flamengo, domingo (11). O duelo desta noite será disputado no estádio Norberto 'Tito' Tomaghello, em Florencio Varela (Buenos Aires-ARG).

Além de viver expectativa pelo retorno do comandante, o Verdão terá pela primeira vez na temporada 2021 quase todos os atletas titulares à disposição. As únicas exceções são o atacante Luiz Adriano, diagnosticado com Covid-19, e Gabriel Menino, que se recupera de lesão no tornozelo direito.

Embora Abel Ferreira refute a condição de titularidade aos seus jogadores, as formações nos últimos jogos decisivos comprovam a preferência dele por alguns nomes, em uma mescla entre experientes e crias da Academia.

gomez-melo - Cesar Greco/Palmeiras - Cesar Greco/Palmeiras
Gustavo Gómez e Felipe Melo são os homens de confiança de Abel
Imagem: Cesar Greco/Palmeiras

Se considerada a minutagem dos atletas nas semifinais e finais da Copa do Brasil, Libertadores e Mundial de Clubes, a escalação ideal de Abel se mostrou com: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Matías Viña; Felipe Melo, Danilo, Gabriel Menino e Zé Rafael; Luiz Adriano e Rony.

Como no duelo de hoje existirão as baixas de Menino e Luiz Adriano, Raphael Veiga e Willian aparecem como as opções mais acionadas para compor o meio campo e ataque, respectivamente.

Destes nomes, apenas Weverton, Gustavo Gomez, Danilo e Menino atuaram no Campeonato Paulista, sob o comando do auxiliar-técnico João Martins — ele dirigiu o time nos confrontos contra o São Caetano, Ferroviária e São Bento.

E os novos planos de Abel precisarão ser efetivos. Do outro lado, o Defensa y Justicia-ARG defende invencibilidade de nove jogos como mandante (sete vitórias e dois empates, com 22 gols a favor e 11 sofridos). O último revés em casa dos argentinos aconteceu em 29 de novembro, por 3 a 2, diante do Central Córdoba, pelo Campeonato Argentino. Agora, começa uma nova briga por mais uma taça.

Futebol