PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Uefa suspende Kudela e abre investigação sobre suposto caso de racismo

Jogadores do Glasgow Rangers e do Slavia Praga discutem durante jogo da Liga Europa - Alan Harvey/SNS Group via Getty Images
Jogadores do Glasgow Rangers e do Slavia Praga discutem durante jogo da Liga Europa Imagem: Alan Harvey/SNS Group via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

06/04/2021 11h31

A Uefa suspendeu o zagueiro Ondrej Kúdela, do Slavia Praga, por uma partida para investigar um suposto racismo cometido por ele durante um jogo de março de 2021.

Na reta final do confronto, com 42 minutos do segundo tempo, Glen Kamara, do Rangers, foi atrás de Kudela e o acusou de falas racistas. O jogador ofendido disse que foi chamado de "macaco".

Em nota a entidade disse que "decidiu hoje suspender provisoriamente o sr. Ond?ej Kúdela para a próxima partida de competição de clubes da UEFA para a qual ele seria elegível". Com isso, Kudela perderá o encontro de quinta-feira (8) com o Arsenal, partida válida pelas quartas de final da Liga Europa.

Isso aconteceu após o meio-campista da Ibrox Glen Kamara dizer que Kudela foi racista com ele durante a vitória do Slavia (2 a 0) sobre Ibrox, em 18 de março.

Kamara também está sendo investigado pela Uefa por ter supostamente agredido Kudela no túnel que dá acesso ao gramado. A polícia da Escócia abriu uma investigação a parte para investigar ambos os casos criminalmente.

Meme no Brasil

Por aqui, Kudela ficou famoso em 2019, quando internautas o elegeram craque do jogo com o intuito de fazer o narrador Galvão Bueno pronunciar seu nome ao vivo. Na partida em questão, ele nada de extraordinário, e seu time sofreu uma derrota por 3 a 1 para a seleção brasileira.

Esporte