PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Com futuro incerto, sequência de Rodinei no Inter depende de Fla e Ramírez

Rodinei não deve permanecer no Inter após o contrato de empréstimo junto ao Flamengo - Thiago Ribeiro/AGIF
Rodinei não deve permanecer no Inter após o contrato de empréstimo junto ao Flamengo Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

06/04/2021 14h41

Rodinei tem contrato no fim e futuro incerto no Inter. O lateral direito é, atualmente, titular de Miguel Ángel Ramírez, mas está prestes a ganhar concorrência de Saravia, que volta de lesão. Com cláusula de compra elevada para os padrões do clube gaúcho, sua permanência dependeria da avaliação da comissão técnica e do Flamengo. A tendência aponta para saída.

O primeiro passo para imaginar ampliação do período no Sul seria uma avaliação positiva da comissão técnica. O treinador espanhol mantém período de testes e está analisando o que cada jogador poderá dar antes de solicitar reforços.

Rodinei está longe de ser unanimidade no Beira-Rio e é constantemente criticado pela torcida, que prefere Heitor. Saravia, que retorna de lesão em meados de maio, tem tudo para assumir a titularidade no futuro, mas está parado há muito tempo em razão de uma lesão e precisará ser reintegrado paulatinamente. Além deles, Vinícius Tobias e Lucas Mazetti são jovens que aguardam chance.

Para ficar com o jogador de 29 anos de forma definitiva, o Colorado precisaria desembolsar 4 milhões de euros (R$ 26,6 milhões na cotação atual). O valor é superior, por exemplo, ao investido em Carlos Palacios, de 20 anos. E pelo chileno, o Inter ainda pagará em parcelas.

Neste ponto, uma eventual permanência também dependeria do Flamengo, dono dos direitos do atleta. O Rubro-Negro, necessariamente, teria que aceitar um novo empréstimo dele em Porto Alegre.

A direção do Inter tratará do tema ao longo dos próximos meses. Rodinei tem vínculo vigente até o fim de maio. Na atual temporada são cinco jogos pelo time vermelho. Na temporada anterior foram 39 partidas e um gol.

Ainda que não seja situação definida, a tendência aponta para saída ao fim do contrato, com regresso ao clube do Rio de Janeiro.

Internacional