PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após namoro flash, zagueiro do São Caetano aguarda Jojo em SP para conversa

Jojo Todynho e Polidoro Júnior, zagueiro do São Caetano - Instagram
Jojo Todynho e Polidoro Júnior, zagueiro do São Caetano Imagem: Instagram

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

06/04/2021 04h00

"O futuro a Deus pertence". Foi assim que o jogador Polidoro Júnior definiu a situação de seu envolvimento com Jojo Todynho. A cantora assumiu o affair com o zagueiro do São Caetano no último sábado (3) e, ontem, declarou que já está solteira novamente. Em entrevista ao UOL Esporte, o atleta falou está esperando "a poeira baixar" e a cantora carioca ir a São Paulo para os dois conversarem melhor sobre os últimos acontecimentos.

O 'caldo desandou' quando uma modelo reapareceu e falou que era a atual namorada de Polidoro.

"Vou tentar ser curta e breve. Quem me acompanha sabe que não falo e não exponho minha vida pessoal por diversos motivos que não cabem falar aqui. Mas vim comunicar a todos, até porque eu tenho que fazer isso, que a partir de hoje sou uma mulher solteira, livre", declarou Jojo. Em seguida, acrescentou: "O golpe está aí, cai quem quer. E quase que eu cai, mas Deus deu vitória. Como diz minha tia, o que os ventos não contam, a internet mostra. É isso", disse Jojo nas redes sociais.

Segundo Polidoro, ele estava solteiro quando começou a se relacionar com Jojo. "Uma garota que eu já fiquei no passado se pronunciou dizendo que era minha atual namorada, mas eu fiquei com ela duas ou três vezes. Ela falou que eu tinha um relacionamento de anos com ela e é mentira. Ela quis os cinco minutos de fama dela e está tendo. A verdade está ai. Fiquei com essa garota, mas nunca fui namorado dela", esclareceu.

Quando assumiu o namoro nas redes sociais, Jojo até demonstrou receio, porque era algo recente e não queria que coisas externas atrapalhassem. Agora, o ex-casal está conversando sobre toda a confusão.

"Eu e a Jordana nos conhecemos através de um amigo em comum. O relacionamento começou após a apresentação feita por esse amigo. A gente começou a conversar e nos identificamos muito... Assim foi", relembrou o defensor de 24 anos.

Carreira de Polidoro começou na base do São Paulo

Polidoro Jr

Atualmente defendendo as cores do São Caetano, Polidoro tem um currículo já extenso. Ele jogava bola desde criança em Belo Horizonte, sua cidade natal, e foi convidado, por um olheiro, a ir às categorias de base do São Paulo.

"Minha carreira no futebol começou quando eu tinha 11 anos. Fui descoberto por um olheiro que revelou vários talentos no futebol: Bernard, Túlio de Melo... Ele me levou ao São Paulo, na categoria sub-12. Isso foi em 2009. A partir daí, começou a minha carreira. Fiquei sete anos lá. A minha geração foi a dos nascidos em 1996, a que mais formou jogadores. São os que estão na Europa hoje: Luiz Araújo, Gabriel Boschilia, David Neres... Vencemos Copa do Brasil, Brasileiro, Paulista", contou Polidoro.

Assim que saiu do São Paulo, o zagueiro foi tentar a carreira na Europa. Primeiro, passou pela equipe B do Rennes, na França, mas não teve sucesso. Então, conheceu o empresário Jean-Michel Aulas, ex-presidente do Olympique de Marselha, e foi para a Grécia.

Em novembro de 2020, o atleta foi contratado pelo São Caetano e, então, retornou ao Brasil. O jogador ainda não pôde aproveitar a temporada do futebol no Brasil pela indefinição do futebol paulista, que está paralisado pela pandemia causada pelo coronavírus.

"Quando ligamos a TV e vemos o noticiário, constatamos que os hospitais estão até a tampa. Mesmo com nós jogadores sendo testados dois dias antes de cada partida, a gente não sabe os riscos que podemos estar levando para dentro de casa, para nossas famílias", alertou Polidoro.

Futebol