PUBLICIDADE
Topo

La Liga - 2020/2021

Barça marca no fim, vence Valladolid e cola na liderança do Espanhol

Messi e Dembélé comemoram o gol do Barcelona contra o Valladolid - ALBERT GEA/REUTERS
Messi e Dembélé comemoram o gol do Barcelona contra o Valladolid Imagem: ALBERT GEA/REUTERS

Do UOL, em São Paulo

05/04/2021 18h00

Classificação e Jogos

No Camp Nou, o Barcelona venceu o Valladolid por 1 a 0 e colou no Atlético de Madri, líder do Campeonato Espanhol. O gol que deu a vitória ao clube catalão saiu já nos últimos minutos, com Dembélé. Homenageado por se tornar o recordista de jogos com a camisa do time catalão, Messi passou em branco.

O resultado leva o Barcelona aos 65 pontos conquistados, um a menos que o Atlético de Madrid. No próximo sábado (10), o time catalão encara o clássico contra o Real Madrid, fora de casa, às 16h, em confronto direto. O Valladolid, que soma 27 pontos, pega o Granada, no domingo (11), às 13h30.

Em um primeiro tempo de poucas chances e posse de bola do Barça, o Valladolid teve uma grande oportunidade aos 8 minutos, com Kodro, que cabeceou no travessão. Mesmo desfalcado, o treinador Sergio Gonzáles organizou bem seus contra-ataques, pressionando a saída de bola dos donos da casa.

A melhor chance dos catalães foi com Pedri, de fora da área. Ele finalizou rasteiro, Masip chegou a tocar na bola e ela tocou caprichosamente na trave. O goleiro precisou ser rápido para se levantar e afastar de vez o perigo.

No início do segundo tempo, Olaza apareceu como elemento surpresa no ataque e por pouco não colocou o Valladolid em vantagem. Ele invadiu a área na velocidade e chutou colocado, mas mandou na rede pelo lado de fora.

A resposta foi com Dembélé, que recebeu ótimo passe em profundidade de Messi, finalizou forte, e o goleiro Masip espalmou. No rebote, Griezmann mandou para fora.

Jordi Alba também desperdiçou. Na primeira oportunidade, o espanhol foi acionado pelo lado esquerdo mas preferiu dar o passe ao invés de finalizar, e foi bloqueado. Depois, parou nas mãos de Massip, depois de receber de Messi em profundidade e bater já perto da linha de fundo. O goleiro fechou o ângulo, e ele mandou para fora.

No momento em que o Valladolid tentava reagir na partida, o árbitro expulsou Óscar Plano após falta de Dembélé. A punição gerou muita reclamação dos atletas e da comissão técnica - Masip foi punido com um cartão amarelo e um dos auxiliares também foi expulso.

Com um homem a menos, o Valladolid se segurou como pode, e viu Trincão quase furar o bloqueio da zaga ao chutar fechado na ponta esquerda. Moriba apareceu livre na segunda trave e cabeceou na rede pelo lado de fora.

A resistência durou até os 44 minutos, quando De Jong cruzou da ponta direita, Araújo desviou de cabeça e Dembélé apareceu completamente livre na segunda trave para finalizar forte e de primeira no fundo das redes.