PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Chegada de Tchê Tchê ao Atlético-MG pode ajudar Cuca a definir time titular

Tchê Tchê será emprestado pelo São Paulo e chega para ser reforço na segunda era Cuca no Galo - Rubens Chiri/São Paulo
Tchê Tchê será emprestado pelo São Paulo e chega para ser reforço na segunda era Cuca no Galo Imagem: Rubens Chiri/São Paulo

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

04/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

Cuca foi anunciado como técnico do Atlético-MG no dia 5 de março deste ano, mas só começou o seu trabalho no clube 11 dias depois por causa do estado de saúde de sua mãe, que trata da covid-19. De lá para cá, o treinador vive intensamente o dia a dia do Galo e já comandou o time em duas partidas, com uma vitória e uma derrota.

Há 19 dias à frente da equipe o comandante, que hoje comandará o Alvinegro contra o América-MG, às 16h, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro, está perto de receber o seu primeiro reforço: o polivalente Tchê Tchê.

O volante, que virá emprestado pelo São Paulo até maio de 2022 e com os salários bancados pelo Atlético-MG, pode ser o início da resolução de uma importante dúvida de Cuca. O técnico, até por sua recente volta ao Galo, ainda não tem o seu time titular definido e possui dúvidas para armar a equipe.

Como Tchê Tchê é da total confiança do treinador — a dupla trabalhará junta pela terceira vez —, é possível que o treinador defina a formação do meio-campo alvinegro com o velho conhecido.

"Eu não tenho ainda um time definido. Eu tenho um [momento de] definição de elenco e de time. Além do Guga, eu tenho o Talison, que tem treinado bem [para a lateral direita]. Nós vamos dar oportunidades a todos, como demos para o Zaracho, como demos ao Gabriel, e outros que a gente está colocando nas partidas, para depois fazer uma análise e ter um time ideal. Eles ainda buscam uma luta pela posição. Não é só o caso do Guga. A gente tem muitas dúvidas ainda na equipe. No meio, no ataque também", explicou Cuca logo após a derrota por 2 a 1 para a Caldense, no Campeonato Mineiro.

A contratação de Tchê Tchê abrirá leques de possibilidades para Cuca. O jogador deve chegar para disputar posição com Allan e Jair, e ajudar na transição das jogadas de meio para o ataque. E pela polivalência do meio-campista o treinador poderá utilizá-lo em outras funções.

Um dos principais motivos de Cuca gostar tanto de Tchê Tchê é a polivalência do jogador. O volante chegou a ter fama de "todo-campista" por ocupar bem a faixa central do campo e se fazer presente tanto na parte defensiva quanto ofensiva. Mesmo sem pisar tanto na área adversária, o volante foi experimentado pelo treinador em diversas posições, lateral direito, esquerdo, ponta e volante, lugar preferido do atleta no gramado.

Cuca também é admirador das valências agilidade, passe, movimentação, chute de média distância e passe final de Tchê Tchê. De acordo com o site SofaScore, especializado em estatísticas do futebol, dentre 53 volantes com pelo menos 50% dos jogos disputados na última edição do Campeonato Brasileiro, Tchê Tchê foi o 1º em acerto de passes (93% de efetividade).

O volante também foi o 2º em gols (quatro), o 14º em assistências (duas), o 20º em passes longos (68% de efetividade), o 36º em duelos ganhos (47%), o 40º com mais faltas cometidas (31) e só o 47º em desarmes (24), fundamento esse último que foi motivo de críticas por parte de torcedores do São Paulo recentemente.

Com a chegada de Tchê Tchê o Galo terá dez jogadores disponíveis para o meio-campo. Ao lado do volante estarão também os argentinos Nacho Fernández e Matías Zaracho, o equatoriano Alan Franco, Jair, Nathan, Allan, o colombiano Dylan Borrero, além de Hyoran e Calebe.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG X AMÉRICA-MG

Data: 4 de abril de 2021
Horário: 16h (de Brasília)
Competição: Campeonato Mineiro (7ª rodada)
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Marco Aurélio Fazekas
Assistentes: Felipe Alan Costa e Marcyano da Silva Vicente

ATLÉTICO-MG: Everson, Guga, Gabriel, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair (Zaracho) e Nacho Fernández; Hulk, Keno e Vargas. Técnico: Cuca

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Joseph, Eduardo Bauermann, Anderson e João Paulo (Lucas Luan); Sabino (Zé Ricardo), Alê, Juninho e Gustavinho; Marcelo Toscano e Rodolfo.

Atlético-MG