PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Agnaldo Timóteo invadiu o campo após pênalti perdido do Botafogo em 1984

Agnaldo Timóteo (à dir.) esbravejou com centroavante Cláudio Adão durante o jogo - Reprodução
Agnaldo Timóteo (à dir.) esbravejou com centroavante Cláudio Adão durante o jogo Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

04/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

O cantor e ex-deputado Agnaldo Timóteo, que morreu ontem (3) em decorrência da covid-19, era tão fanático pelo Botafogo que chegou a invadir o campo após um pênalti desperdiçado pelo time em 1984 (veja no vídeo mais abaixo).

Era um jogo da chamada Copa Brasil (hoje reconhecida como Campeonato Brasileiro), no 1º de abril daquele ano. Em São Januário, o Botafogo precisava vencer o já eliminado Operário-MT para se classificar à terceira fase, mas perdeu por 1 a 0 e também acabou eliminado. Mosca abriu o placar já no segundo tempo, de pênalti, e também de pênalti Cláudio Adão poderia ter empatado. Poderia?

Adão cobrou no meio do gol, e o goleiro Mão de Onça fez jus ao apelido e defendeu. Na sequência o Botafogo teve um escanteio, e aí Agnaldo Timóteo entrou em ação. Vendo o jogo no estádio, ele não se conteve: invadiu o campo da linha lateral e correu até a área para cobrar o atacante pelo pênalti perdido. Saiu logo depois do desabafo, sem maiores problemas.

Na época da invasão a campo, Timóteo cumpria o primeiro de seus dois mandatos como deputado federal pelo Rio de Janeiro (1983-87, depois 1995-96). Ele também foi vereador pelas cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo, além da carreira nos palcos por mais de 60 anos. O cantor morreu ontem, aos 84 anos, após mais de duas semanas internado por causa da covid-19.

Botafogo