PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Em má fase, Cruzeiro enfrenta sequência intensa de jogos em abril

Fábio, recordista de jogos pelo Cruzeiro, tem sido a salvação do time na campanha ruim do Campeonato Mineiro - Bruno Haddad/Cruzeiro
Fábio, recordista de jogos pelo Cruzeiro, tem sido a salvação do time na campanha ruim do Campeonato Mineiro Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

03/04/2021 20h00

Classificação e Jogos

O Cruzeiro luta dentro e fora de campo contra os problemas que assolam o clube. Se além das quatro linhas o problema é dinheiro, dentro do gramado o que preocupa é a ausência de bons resultados. Na atual edição do Campeonato Mineiro a Raposa, em seis rodadas, tem o seu pior desempenho nos últimos dez anos. Nesse cenário de 44,4% de aproveitamento até aqui o time enfrentará uma pesada sequência de partidas em abril. Depois de empatar sem gols em casa com o Tombense, neste domingo (4) a equipe de Felipe Conceição visita o Boa Esporte, às 11h, no estádio Dilzon Melo (Melão), em Varginha.

Contando com a partida no Sul de Minas Gerais, serão seis jogos no intervalo de 21 dias, tendo compromissos muito importantes, como o clássico com o Atlético-MG daqui uma semana (no dia 11/4) e a partida eliminatória contra o América-RN, pela segunda fase da Copa do Brasil. Jogo esse que, além da vaga à terceira fase do mata-mata, valerá a cota de R$ 1,7 milhão para a equipe classificada. Como o clube estrelado precisa muito de dinheiro para honrar compromissos, o jogo ganha contornos ainda mais duros.

"Estamos num momento em que temos de respeitar muito, independentemente do rival que for, e conscientes de que devemos melhorar muito. Estamos treinando exaustivamente todos os dias, quem está aqui sabe, para achar o melhor momento, o melhor time e fazer o melhor jogo. Até agora estamos tendo dificuldades, então o que vai mudar isso? Trabalho. Estamos trabalhando firme, é difícil falar isso para o torcedor, principalmente depois de um ano passado difícil e esse começo complicado. Estamos buscando o melhor, que confiem um pouquinho na gente. Não é fácil, mas as coisas vão melhorar", disse o experiente atacante Rafael Sóbis.

No Campeonato Mineiro o Cruzeiro está fora da zona de classificação às semifinais, na sexta posição com apenas oito pontos. O ataque da equipe não tem bom rendimento e Sóbis sabe que para mudar o cenário atual é preciso melhorar a pontaria.

"Futebol não te dá muito tempo, a gente tem que ter resultados logo. Esperamos que nós tenhamos mais chance de gol e possamos colaborar com gols também, que é importante. Precisamos sair dessa loucura que estamos vivendo com vitórias. E vitórias só vêm com gols", afirmou.

Apesar da situação incômoda, o técnico Felipe Conceição afirma que o time está em processo evolutivo.

"Houve uma evolução depois dessa primeira fase de vários jogos em um mês. Após esse período de treinamento, a gente retorna. E eu gostei na questão da evolução da equipe, nas movimentações ofensivas, a gente voltou a se movimentar bem, criar chances de um lado, de outro, por dentro. A questão defensiva nós também conseguimos ser uma equipe agressiva. Até o momento que tivemos igualdade em campo mantivemos uma postura muito agressiva. Dentro do processo que a gente acredita, isso me deixa satisfeito", disse após o 0 a 0 com o Tombense.

FICHA TÉCNICA

BOA ESPORTE X CRUZEIRO

Motivo: 7ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Estádio Dilzon Melo, em Varginha, (MG)
Data e Horário: 4 de abril, às 11h (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto
Auxiliares: Celso Luiz da Silva e Fernanda Nandrea Gomes

BOA ESPORTE: Carlos Miguel; Yuri Ferraz, Admilton, Alex Alves, Mateus Müller; Romeu, Dieguinho, Escuro, Léo; Jefferson e Nicholas. Técnico: Cesinha (interino)

CRUZEIRO: Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Matheus Barbosa (Rômulo) e Marcinho; Airton (Felipe Augusto), Bruno José e Marcelo Moreno (Sobis). Técnico: Felipe Conceição

Cruzeiro