PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ronaldo diz que corte de cabelo de 2002 era 'horrível': "Desculpa às mães"

Ronaldo na final da Copa do Mundo de 2002 entre Brasil e Alemanha - Claudio Villa/Getty Images
Ronaldo na final da Copa do Mundo de 2002 entre Brasil e Alemanha Imagem: Claudio Villa/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/03/2021 15h14

Ronaldo Fenômeno recordou uma das principais conquistas de sua carreira, a Copa do Mundo de 2002. Em entrevista para a revista 'Sports Illustrated', o ídolo brasileiro reconheceu seu corte de cabelo como 'horrível' e pediu desculpa pelos filhos que adotaram o penteado.

"Horrível! Peço desculpas a todas as mães que viram seus filhos cortarem o mesmo cabelo", disse ele.

Ainda no assunto, o ex-jogador disse que tomou a decisão para surpreender os veículos midiáticos e tirar sua lesão de pauta nos veículos esportivos.

"Não queria falar sobre o assunto, então cortei meu cabelo. Eu vi meus companheiros de equipe e perguntei a eles: 'Vocês gostaram? Eles disseram: 'Não, é horrível! Pare com isso'. Mas os jornalistas viram meu corte de cabelo e esqueceram a lesão", recordou.

O corte foi novidade na semifinal contra a Turquia e foi mantido na final, contra a Alemanha. O visual deu sorte para o Fenômeno, que marcou em ambos os jogos e levou a seleção brasileira ao pentacampeonato.

Futebol