PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fora de casa, Fortaleza vence o 4 de Julho pelo Nordestão

Partida entre 4 de Julho e Fortaleza pela Copa do Nordeste - Leonardo Moreira/FortalezaEC
Partida entre 4 de Julho e Fortaleza pela Copa do Nordeste Imagem: Leonardo Moreira/FortalezaEC

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

27/03/2021 17h47

O Fortaleza voltou a vencer pelo Nordestão. Hoje (27), o time venceu o 4 de Julho por 2 a 1, no Estádio Albertão, em Teresina (PI). A partida, válida pela sexta rodada da Copa do Nordeste, teve o resultado definido ainda no primeiro tempo. Os gols foram marcados por Éderson e Gustavo Coutinho, para o Fortaleza, e Índio Potiguar para o 4 de Julho. A equipe do Piauí fica agora na sexta colocação do Grupo A, enquanto o time cearense está em primeiro no Grupo B.

Uma bola no travessão para cada

O jogo começou equilibrado. Tanto 4 de Julho quanto Fortaleza subiam para o ataque, mas tinham dificuldades para finalizar. As defesas impediram os avanços, que sempre vinham pelas laterais. Aos 9 minutos, surgiu a primeira chance de gol. Carlinhos, do Fortaleza, cobrou lateral para Igor Torres, que invadiu a grande área e tocou para trás. Gustavo Coutinho mandou uma bomba, e a bola foi no travessão. O goleiro Jailson não tinha chances de defender. O 4 de Julho tentou devolver dois minutos depois, com Chico Bala, que mandou de fora da área. A bola também bateu no travessão.

Fortaleza ataca mais e abre vantagem

O Leão do Pici já tinha mais possibilidades. Aos 24 minutos, Gustavo Coutinho entrou na área com perigo, mas foi bloqueado por Gilmar Bahia. Após a cobrança de escanteio, a bola sobrou para um novo cruzamento e Éderson, por uma desatenção da defesa, cabeceou para dentro do gol. E não demorou muito para o Fortaleza aumentar o placar. Aos 27, David invadiu a grande área pela esquerda e rolou para trás. Gustavo Coutinho chutou com tranquilidade e ampliou o placar.

4 de Julho tenta recuperação rápida

Mas o 4 de Julho não se deixou abater após o segundo gol. Pouco depois do reinício da partida, o time voltou a atacar e balançou a rede em menos de um minuto. A bola foi cruzada dentro da grande área e, pelo quique, enganou o goleiro Marcelo Boeck, que não conseguiu tocá-la. Índio Potiguar veio de carrinho e empurrou para a rede aos 29. Ele até se chocou com o poste e reclamou de dores.

Aos 31, o time teve a oportunidade de empatar o jogo com Chico Bala, que acertou a trave mais uma vez. Cinco minutos depois, Ted Love cobrou uma falta perigosa, obrigando Marcelo Boeck a fazer uma boa defesa. Aos 37, André Victor chutou a bola para o gol e mandou na trave. Terceira oportunidade do 4 de Julho que parou no poste.

Fortaleza pressiona mais no início da segunda etapa

Em 5 minutos, o Fortaleza já havia atacado com força três vezes. Nenhuma das bolas foi no alvo, mas Gilmar Bahia (2 minutos), Éderson (3 minutos) e David (5 minutos) chegaram com perigo. A melhor chance foi a de David, que chutou com força de dentro da grande área, mas a bola passou ao lado da trave do goleiro Jailson. Depois disso, o jogo ganhou equilíbrio. O 4 de Julho começou a subir para o ataque, mas sem finalizar com perigo. A maior pressão continuou sendo do Leão do Pici.

Jogo fica morno por 20 minutos, mas 4 de Julho sobe melhor

Depois das primeiras chances no começo do segundo tempo, o jogo perdeu intensidade. Por mais que os dois times tentassem subir, as defesas trabalhavam melhor do que os ataques. Aos 28 minutos, o 4 de Julho chegou perto do empate. Após cruzamento de João Pedro, Vitor Recife emendou de primeira, quase dentro da pequena área, mas mandou para longe do gol. Dois minutos depois, o 4 de Julho até balançou a rede. O time montou boa jogada e a bola sobrou para João Pedro, dentro da grande área, que mandou para o gol. O bandeirinha, entretanto, acabou a festa ao assinalar impedimento.

Faltas marcam o fim do jogo

O fim do jogo não garantiu muitos lances de perigo. Ambos os times fizeram muitas faltas nos últimos minutos, o que aumentou o número de cartões amarelos dados na partida. Tanto Fortaleza quanto 4 de Julho subiram ao ataque para tentar balançar a rede, mas foi a equipe da casa quem chegou mais perto, com ao menos duas oportunidades nos cinco últimos minutos, com Dudu Beberibe e com João Pedro.

Destaque

Quem mais criou na partida foi o lateral-esquerdo do 4 de Julho, Chico Bala. No primeiro tempo, ele acertou a trave duas vezes, ambas sem chutes perigosos. No segundo tempo, ele também foi o alívio do time no ataque, inclusive na reta final da partida.

FICHA TÉCNICA
COPA DO NORDESTE - 6ª RODADA
4 de Julho 1 x 2 Fortaleza

Data: 27/03/2021 (Sábado)
Local: Albertão (PI)
Árbitro: Ranilton Oliveira/MA
Auxiliares: Antonio Fernando de Sousa/MA e Raelson Almeida/MA
Cartões amarelos: Flávio Araújo (4DJ), Rômulo (4DJ), Marcelo Boeck (FOR), Igor Torres (FOR), Jussa (FOR), Hiltinho (4DJ) e Wellington Paulista (FOR).
Gols: Éderson (FOR), Gustavo Coutinho (FOR) e Índio Potiguar (4DJ).

4 de Julho: Jailson, André Victor, Marcelo, Gilmar Bahia, Chico Bala, Vitor Recife, Rômulo (Edinaldo), Hiltinho (Esquerdinha), Ted Love, Índio Potiguar (João Pedro), Dudu Beberibe. Técnico: Flávio Araújo.

Fortaleza: Marcelo Boeck, Pablo , Wanderson, Jackson, Carlinhos, Jussa, Éderson, Matheus Vargas (Lucas Crispim), David (Osvaldo), Gustavo Coutinho (Wellington Paulista), Igor Torres (Robson). Técnico: Enderson Moreira.

Futebol