PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Com 'sim' de Borré, Grêmio quer abrir série de reforços que atende Renato

Rafael Santos Borré aceitou a oferta do Grêmio e deve ser confirmado como reforço - Getty Images
Rafael Santos Borré aceitou a oferta do Grêmio e deve ser confirmado como reforço Imagem: Getty Images

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

27/03/2021 12h00

Rafael Santos Borré, do River Plate, disse "sim" ao Grêmio. O colombiano de 25 anos depende de documentações para ter contratação oficializada pelo clube gaúcho. E o reforço "de peso" abre uma sequência que contempla pedido de Renato Gaúcho.

Sondado pelo Atlético-MG no fim da última temporada, Portaluppi citou mais de uma vez que precisava de investimentos mais altos para fazer o Tricolor seguir brigando por títulos importantes. A permanência dele no clube de Porto Alegre se deu pois a direção prometeu que iria tentar contemplar os pedidos.

Todos os movimentos até agora caminham neste sentido. O presidente Romildo Bolzan Júnior admitiu publicamente a procura por jogadores que "cheguem, vistam a camisa e joguem", e não esconde que irá fazer todo esforço possível para dar novas opções válidas ao comando técnico.

Borré, por exemplo, demanda custo alto. Disputado por clubes da Europa, o autor de 13 gols em 24 jogos na atual temporada receberá 4 milhões de euros (R$ 27,2 milhões na cotação atual) de luvas, e mais um salário que beira R$ 1 milhão mensal.

E o plano é seguir agregando. Além dele, o Tricolor busca alternativas para o meio-campo e outras opções de ataque com perfil diferente.

Mas é regra que todos os nomes a serem agregados têm por perfil a condição de assumirem titularidade imediata.

O Tricolor ainda não utilizou sua força máxima no Estadual. A expectativa é que isso ocorra amanhã (28), no duelo com o Pelotas, na Arena.

Grêmio