PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Centenário de Barbosa: goleiro do Vasco faz filha do ídolo lembrar do pai

Lucão, goleiro do Vasco, posa com camisa especial em celebração ao centenário de Barbosa  - Rafael Ribeiro/Vasco
Lucão, goleiro do Vasco, posa com camisa especial em celebração ao centenário de Barbosa Imagem: Rafael Ribeiro/Vasco

Alexandre Araújo e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/03/2021 04h00

Mesmo tão jovem e ainda em início de carreira no Vasco, Lucão já possui uma história para se orgulhar. A posição que escolheu, somada às características físicas e o clube que defende são suficientes para Tereza Borba, filha de Barbosa, lembrar do pai.

O sentimento de carinho que construiu pelo arqueiro de 20 anos foi tanto que, movida pelo coração, decidiu procurar a assessoria de imprensa do clube carioca, ano passado, e solicitar o telefone do atleta. Desde então, ela mantém contatos com a promessa e, sempre que pode, lhe transmite energias positivas.

"Eu sou apaixonada por goleiros. Eu converso com o Lucão. Quando vejo o Lucão, vejo o meu pai e torço muito, muito por ele. Eu falo que a estrela do Lucão ainda vai brilhar. E ele tira como exemplo a história do Barbosa. Barbosa é um grande ensinamento para o Lucão e para vários goleiros, principalmente os negros", declarou Tereza ao UOL Esporte, complementando: "Goleiro negro, meu Deus, muito marginalizado. E já passou da hora disso acabar".

Lucão revelou ter ficado emocionado ao saber a maneira como a filha de Barbosa o via, e ressaltou que se espelha no ídolo:

"Fico muito feliz em saber que tem alguém tão próximo do Barbosa que eu possa perguntar, que eu possa saber quais eram os gostos dele. Fiquei emocionado quando ouvi dela que sou bem parecido com ele na forma de jogar. Isso me motiva demais. Sempre que posso, estou em contato com a Tereza, e sempre falo que um dia quero ser fonte de inspiração para as pessoas, como o Barbosa era, e ainda é."

Ex-aluno do colégio Vasco da Gama — instituição de ensino situada dentro de São Januário — Lucão relembrou das vezes em que o ídolo brasileiro foi citado nas salas de aula por seus feitos dentro do clube e também na seleção.

"É um sonho e uma honra imensa saber que estou tendo a oportunidade de construir minha história no clube onde um dos meus ídolos fez história. Quando cheguei ao Vasco, me falaram muito da história do Barbosa. Lá na escola eles sempre pediam para fazer trabalho sobre jogadores antigos. Ele abriu as portas para todos nós que somos pretos. Se estou aqui hoje é por conta da luta dele", destacou o jovem ao UOL Esporte.

Ainda sobre o tema, Lucão voltou a frisar sobre a importância de Barbosa para que outros goleiros pretos tivessem mais oportunidades no futebol:

"Ele nos deu um sopro de esperança. Nos tempos de hoje temos muitos goleiros pretos que são importantes, mas antes do Barbosa não era assim. Realmente dá para ver o legado que ele nos deixou. Talvez ele nem tenha sido o primeiro, tenham vindo outros antes, aqui no Vasco mesmo tivemos muitos outros, mas foi depois dele que as coisas mudaram. O mundo passou a ver os goleiros pretos de uma forma diferente. Ele foi e é até hoje uma esperança para nós".

Ontem (26), o Vasco divulgou fotos da camisa comemorativa em alusão ao centenário de Barbosa — que se completa neste sábado (27) — e Lucão foi o "garoto-propaganda".

Lucão tem sido titular na temporada

Com o empréstimo de Fernando Miguel para o Atlético-GO, Lucão assumiu a titularidade na meta vascaína e atuou nas seis partidas do Vasco até aqui.

A diretoria, no entanto, ainda avalia a possibilidade de contratar um goleiro mais experiente. Enquanto isso, o jovem — que coleciona passagens por seleções brasileiras de base — segue focado e hoje (27), às 15h30, no estádio Los Larios, em Xerém (RJ), novamente estará de baixo das traves na partida contra o Madureira, pela sexta rodada do Campeonato Carioca.

Vasco