PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Willian critica autoridades em luta contra racismo: 'Não vejo evolução'

Willian está em sua primeira temporada no Arsenal - Reprodução/Arsenal twitter
Willian está em sua primeira temporada no Arsenal Imagem: Reprodução/Arsenal twitter

Do UOL, em São Paulo

26/03/2021 11h57

O meia Willian, do Arsenal, fez uma crítica direcionada às autoridades no combate ao racismo. O jogador brasileiro não vê evolução mesmo com os protestos antes dos jogos do Campeonato Inglês, quando os atletas se ajoelham em campo.

"Nós, jogadores, fazemos nosso papel (para combater o racismo), de uma forma a tentar mudar, mas as autoridades, que estão acima de nós, precisam trabalhar para essa mudança. Não vi evolução nenhuma. A gente continua ajoelhando no campo antes dos jogos, mas não vejo evolução", disse à ESPN.

"Sempre tem situações acontecendo e faltam medidas. A partir do momento em que tiver punição para quem merece, aí sim vai melhorar. Por enquanto, não tem evolução. Fica no gesto", acrescentou o brasileiro.

Na mesma entrevista, Willian lamentou o início ruim em sua primeira temporada no Arsenal após deixar o Chelsea.

"Foi um começo bem difícil no Arsenal, tirando o primeiro jogo, que eu fui destaque. Tivemos uma sequência ruim, e eu também. Foi o pior momento meu como profissional. Quando você vive um momento difícil, você fica chateado e tenta encontrar soluções para melhorar. Estou fazendo isso todo esse tempo, treinando, trabalhando, me dedicando. Demorou um pouco, mas estou voltando a jogar bem nos últimos jogos, participando com assistências. Fico feliz de reencontrar meu bom futebol."

"Estou pronto para atingir o nível que eu atingi com a camisa do Chelsea. E é esse o meu desejo. É isso que espero para esse final de temporada: ajudar da melhor maneira possível e voltar ao nível de Chelsea", completou.

Esporte